TJ do Rio expede alvará de soltura para Queiroz e Márcia, que ficam em total liberdade

Em julgamento ontem, STJ determinou revogação da prisão domiciliar do ex-assessor e de sua mulher, investigados no esquema das ‘rachadinhas’

BRASÍLIA – O desembargador Milton Fernandes de Souza, do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), expediu na tarde desta quarta-feira os alvarás de soltura para o ex-assessor Fabrício Queiroz e sua mulher Márcia Aguiar, investigados no esquema das “rachadinhas” no gabinete do ex-deputado estadual Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), hoje senador. Eles estavam em prisão domiciliar e agora ficam em total liberdade.

A decisão do TJ do Rio foi consequência do julgamento de ontem da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que entendeu haver excesso de prazo na prisão de Queiroz e da mulher.

“Cumpra-se a decisão do E. STJ e expeçam-se os alvarás de soltura de Fabrício José Carlos de Queiroz e Márcia de Olvieira Aguiar”, escreveu o desembargador, em decisão proferida às 16h27.

Depois da soltura, o desembargador vai avaliar se aplica medidas cautelares a eles, como a obrigatoriedade de comparecer periodicamente à Justiça.

Na noite desta quarta, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes despachou apontando que a decisão do STJ que soltou Queiroz deve prevalecer. Na terça, havia dúvidas se Gilmar ainda precisaria autorizar a soltura do ex-assessor, porque foi o ministro do STF quem decretou sua prisão domiciliar em agosto do ano passado. Gilmar considerou que, com o julgamento do STJ, o habeas corpus que estava no Supremo perdeu o objeto.

Carregar Mais Publicações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ERROR: si-captcha.php plugin: GD image support not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable GD image support for PHP.

ERROR: si-captcha.php plugin: imagepng function not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable imagepng for PHP.

Veja também

Bolsonaro encerra entrevista ao ser questionado sobre Flavio

STJ decidiu acolher um dos pedidos da defesa do senador e anular a quebra do sigilo bancár…