A errata foi encaminhada à Secretaria de Saúde na manhã desta sexta-feira (7/5). Anteriormente, a pasta federal havia informado que as vacinas deveriam ser utilizadas como primeira dose no grupo de pessoas com comorbidades.

O DF recebeu mais de 50 mil doses da AstraZeneca – (crédito: JOE KLAMAR)

Na manhã desta sexta-feira (7/5), o Ministério da Saúde encaminhou à Secretaria de Saúde do Distrito Federal uma errata sobre a orientação de uso das 50,3 mil doses de AstraZeneca. Os imunizantes contra a covid-19 chegaram ao DF na quinta-feira (6/5) e, a princípio, seriam destinadas para a vacinação de pessoas com comorbidades.

A informação da correção foi divulgada pela secretaria distrital. Segundo nota, contabilizando as doses de D1 AstraZeneca ainda disponíveis no estoque da Rede de Frio Central, as doses da Pfizer, também armazenadas, e as doses de CoronaVac que poderão ser usadas no DF como D1, durante a próxima semana, a secretaria terá disponível 40 mil vacinas para continuar o processo de imunização do grupo de comorbidades.

Além disso, a pasta informou que as 14,4 mil doses de CoronaVac estão previstas para chegarem ao DF no fim da manhã deste sábado (8/5). A maioria das doses será utilizada como segunda dose, mas ainda não há uma divisão certa das unidades. A capital federal também espera o recebimento de mais um lote da Pfizer com 14 mil unidades da vacina, que vão se somar às 5,8 mil que já estão no DF e reforçar a vacinação de pessoas com comorbidades. A expectativa é que o imunizante norte-americano comece a ser aplicado na próxima semana.

Escreva um comentário