O Tribunal de Contas do DF autorizou nesta terça-feira (30/07) uma inspeção no Estádio Nacional Mané Garrincha após denúncias de má qualidade nos serviços.

O Ministério Público solicitou junto ao Tribunal de Contas uma representação para verificar notícias que apontavam problemas no gramado, nas cadeiras, banheiros, placas de sinalização, sinal de telefonia e dados, dentre outros.

O procurador Demóstenes Albuquerque esteve no Estádio numa visita informal e constatou “a existência de serviços inacabados e de baixa qualidade.”

A preocupação do Tribunal é de que gastos adicionais para correções ou ajustes dos serviços representem prejuízos para os cofres públicos.

Por este motivo, o Ministério Público solicitou que o Tribunal de Contas determinasse a verificação da qualidade das obras, de eventuais pagamentos e a forma como serão corrigidas as falhas observadas nos serviços. O TCDF autorizou a inspeção na Novacap e onde mais for necessário, para apuração dos fatos.

O GDF declarou que ainda não foi informado oficialmente sobre a decisão do Tribunal de Contas, no entanto, o governo afirmou que as portas do Estádio estão abertas aos representantes do MP e do TCDF para visita e fiscalização.