Dengue: DF registra 167 casos nos primeiros dias de 2021

Informações são da Secretaria de Saúde e compreendem período entre 3 e 9 de janeiro. Redução foi de 29,2% na comparação com mesmo período do ano anterior; não houve mortes.

Mosquito transmissor da dengue, em imagem de arquivo — Foto: Freepik

O Distrito Federal registrou 167 casos prováveis de dengue entre os dias 3 e 9 de janeiro de 2021. Os dados são da Secretaria de Saúde do DF (SES-DF).

De acordo com a pasta, o número indica redução de 29,2%, em comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram registrados 236 casos prováveis. Ao todo, em 2020, o DF teve mais de 47 mil infecções pela doença.

Casos de dengue por região do DF

Conforme o boletim da Secretaria de Saúde, a maior quantidade de casos foi registrada na Região de Saúde Norte, com 36 infectados. Em seguida, estão as regiões Sudoeste (32) e Oeste (31). Veja detalhamento:

Números da dengue no DF entre 3 e 9 de janeiro — Foto: SES-DF/Reprodução
Números da dengue no DF entre 3 e 9 de janeiro — Foto: SES-DF/Reprodução

“A análise da taxa de incidência de casos prováveis de dengue, segundo regiões de saúde, evidencia que a região Norte apresenta a maior taxa de incidência: 10,14 casos por 100 mil habitantes”.

As outras áreas com maior incidência da dengue são Oeste (6,10) e a Centro-Sul (4,20). Em relação às regiões administrativas, Sobradinho (18,27), Candangolândia (12,24) e São Sebastião (9,48) têm os maiores índices.

Como prevenir a dengue

  • Utilize telas de proteção com buracos de, no máximo, 1,5 milímetros nas janelas da casa
  • Deixe as portas e janelas fechadas, principalmente nos períodos do nascer e do pôr do sol
  • Mantenha o terreno de casa sempre limpo e livre de materiais ou entulhos que possam ser criadouros
  • Tampe os tonéis e caixas d’água
  • Mantenha as calhas sempre limpas
  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo
  • Mantenha lixeiras bem tampadas
  • Deixe ralos limpos e com aplicação de tela
  • Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia
  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais
  • Limpe todos os acessórios de decoração que ficam fora de casa e evite o acúmulo de água em pneus e calhas sujas, por exemplo
  • Deixe portas e janelas fechadas, principalmente nos períodos do nascer e do pôr do sol
  • Coloque repelentes elétricos próximos às janelas – o uso é contraindicado para pessoas alérgicas
  • Velas ou difusores de essência de citronela também podem ser usados
  • Evite produtos de higiene com perfume, pois podem atrair insetos
  • Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa
  • Coloque areia nos vasos de plantas

Carregar Mais Publicações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ERROR: si-captcha.php plugin: GD image support not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable GD image support for PHP.

ERROR: si-captcha.php plugin: imagepng function not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable imagepng for PHP.

Veja também

CLDF: Deputados Distritais aprovam projeto que permite pagamento de impostos por meio da doação de UTIs

Programa de Mobilização e Defesa da Vida permite que contribuinte quite dívidas a partir d…