Covid-19: Pelo 2º dia seguido, há uma vaga de UTI para adultos

No total, restam na rede sete leitos de tratamento intensivo para pacientes com coronavírus; seis são pediátricos. Lotação global chega a 98,27% na manhã desta quarta-feira (7/4)

(crédito: André Coelho/AFP – 5/3/21)

Esta quarta-feira (7/4) é o segundo dia consecutivo em que o Distrito Federal registra apenas um leito vago em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o atendimento a pacientes adultos acometidos pela covid-19 em hospitais públicos. De acordo com os dados atualizados às 6h10 no painel InfoSaúde, 99,75% dos leitos adultos estão cheios.

Ao todo, a rede pública ainda dispõe de sete vagas, seis delas em leitos pediátricos, que registram uma taxa de ocupação de 40%. Até esta segunda-feira (6/4), o painel também informava sobre a situação dos leitos destinados a recém-nascidos. Contudo, nesta manhã, os dados para os oito leitos desse tipo estavam em branco. A secretaria de Saúde foi procurada, mas ainda não respondeu.

Com isso, o total de leitos na rede pública é de 422 leitos, 398 deles estão cheios e 17 estão bloqueados e aguardam liberação. Esse cenário acarreta em uma taxa de ocupação de 98,27% dos leitos de UTI públicos.

Fila de espera

E a fila de espera por uma dessas vagas continua longa: nesta terça, 244 pacientes com suspeita ou diagnóstico para a infecção aguardam pelo tratamento intensivo. Nessa segunda, o DF chegou a 352.552 notificações da doença, e 6.459 morreram de covid-19 na capital desde o início da pandemia.

Hospitais privados

As UTIs dos hospitais privados também estão cheias: 100% dos leitos para crianças estão ocupados e, para os adultos, a lotação é de 98,13%. Desse modo, restam oito vagas para esses pacientes. Dos 440 leitos mobilizados na rede privada, 421 estão ocupados.

Ampliação de leitos

Para reduzir a pressão sobre o sistema de saúde, o governo local promete entregar três novos hospitais de campanha, que estão em construção, e vão ampliar a oferta de leitos em 300 vagas. Nessa segunda, integrantes da força-tarefa do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) visitaram as obras para fiscalizar o andamento do trabalho.

Carregar Mais Publicações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ERROR: si-captcha.php plugin: GD image support not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable GD image support for PHP.

ERROR: si-captcha.php plugin: imagepng function not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable imagepng for PHP.

Veja também

Com vacinação mais lenta, abril projeta mais de 80 mil mortes por covid

Variantes mais agressivas e aumento das mortes entre os mais jovens mostram que distanciam…