Cartão de vacina rasgado da mãe de Bolsonaro será investigado

Presidente denunciou “erro” de funcionário da Prefeitura de Eldorado, em SP

A prefeitura de Eldorado, no interior paulista, informou nesta sexta-feira (19) que irá instaurar sindicância administrativa para apurar o relato do presidente Jair Bolsonaro de que o funcionário responsável por vacinar sua mãe teria rasgado um cartão de registro da imunização e trocado por outro documento.

O presidente afirmou, em uma transmissão nas redes sociais, que o auxiliar que imunizou Olinda Bonturi Bolsonaro teria registrado, inicialmente, o uso da vacina Oxford/AstraZeneca. Em seguida, ainda de acordo com ele, rasgou o documento e o substituiu por um cartão informando a imunização com a Coronavac, do Instituto Butantan.

A mãe do presidente foi vacinada na sexta-feira passada (12), em sua residência, no município do Vale do Ribeira. A Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Eldorado informou que os dados referentes à vacinação só podem ser divulgados por autorização expressa da pessoa ou dos familiares. O órgão relatou que, além da sindicância administrativa, “outras medidas legais também poderão ser tomadas no decorrer das investigações”.

O governo do estado de São Paulo, ao comentar sobre o caso, informou, por meio de nota, que não divulga dados individualizados dos vacinados, “mesmo sabendo que nove em cada 10 vacinas contra o coronavírus distribuídas no Brasil são produzidas pelo Instituto Butantan (Coronavac)”.

– Independentemente de qual vacina, [a de] Oxford ou [a] do Butantan, o governo de São Paulo reforça a importância de todos se vacinarem. Somente com a vacinação em massa dos brasileiros será possível voltar a normalidade – diz um trecho do comunicado.

A Prefeitura de Eldorado informou que recebeu um total de 2.861 doses da vacina Coronavac e de 80 doses da AstraZeneca. Funcionários disseram ao Estadão que, no mesmo dia em que ela foi imunizada, outras 25 pessoas da mesma faixa etária receberam a vacina – todas as doses aplicadas no dia seriam da Coronavac, segundo os funcionários.

Carregar Mais Publicações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ERROR: si-captcha.php plugin: GD image support not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable GD image support for PHP.

ERROR: si-captcha.php plugin: imagepng function not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable imagepng for PHP.

Veja também

Com vacinação mais lenta, abril projeta mais de 80 mil mortes por covid

Variantes mais agressivas e aumento das mortes entre os mais jovens mostram que distanciam…