A jovem, de 18 anos, teve um relacionamento virtual com o acusado e, após o término, tentou suicídio por sofrer perseguição e chantagem, além do vazamento de imagens íntimas por três anos

(crédito: AFP / NICOLAS ASFOURI)

A Polícia Civil do estado de Goiás (PCGO) prendeu um homem de 26 anos por crimes cibernéticos e ameaças a uma jovem de 18 anos da cidade de Guapó – região metropolitana de Goiânia. Morador de Bauru, São Paulo, ele teve um relacionamento virtual com a vítima e, após o término, passou a chantagear, expor e perseguir a vítima através de perfis falsos na internet. Segundo a polícia, ele foi preso em casa e teve notebook e celular apreendidos nesta quinta-feira (6/5).

O suspeito chegou a criar um site de notícia na cidade de Guapó para divulgação dos vídeos, além de divulgar através de sites pornográficos”, disse o delegado Arthur Fleury, responsável pelo inquérito. Ele exigia que a ex-namorada enviasse novas fotos e vídeos íntimos e, quando recebia uma negativa e era bloqueado, procurava por amigas da jovem e criava perfis falsos para interagir com ela.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a mulher chegou a tentar suicídio para fugir das ameaças. E, só depois de três anos, com a ajuda da atual sogra, ela conseguiu formalizar uma denúncia. Em interrogatório após a prisão, o acusado confessou os crimes e disse que “está arrependido”. A perícia nos aparelhos eletrônicos dele deve apontar se há outras vítimas.

Escreva um comentário