Ideia do bilionário é de túneis que transportam 4.400 pessoas por hora, mas primeiro teste não cumpriu suas promessas ambiciosas

Elon Musk: a Boring Company é a startup de construção de túneis do bilionário, que também é dono da Tesla e da SpaceX (Lucy Nicholson/Reuters/Reuters)

A Boring Company de Elon Musk fez uma amostra de como será o Las Vegas Convention Center Loop, um sistema de túneis na cidade norte-americana e mais uma das invenções mirabolantes do bilionário. Infelizmente, quem teve a chance de ver não se animou muito com o resultado.

O primeiro projeto oficial da startup de construção de túneis de Musk está prestes a ser lançado comercialmente. Ele foi concluído após pouco mais de um ano e custou aproximadamente 50 milhões de dólares (por volta de 280 milhões de reais). As esvacações têm 12 metros de profundidade e 2,4 quilômetros de extensão.

A ideia de Musk para o sistema de túneis é voltado para veículos elétricos e autônomos da Tesla, que viajariam (de forma autônoma) em alta velocidade entre as estações do túnel subterrâneo. Por enquanto, a criação em Las Vegas tem apenas três estações, mas o objetivo da startup é criar um sistema complexo que ligará vários pontos da cidade.

O evento para jornalistas, que ocorreu nesta segunda-feira (12), não surpreendeu muito. O trajeto era curto e os veículos tinham motoristas, ou seja, não estavam usando a ferramenta de autonomia. Eles também estavam indo a 56 quilômetros por hora, e não na velocidade que os Teslas irão quando tudo estiver finalizado: 193 quilômetros por hora.

A empresa alega otimista que, o que seria uma viagem de 45 minutos andando, se tornaram 2 minutos no Tesla.

A expectativa é que os próximos eventos e testes irão puxar os carros Tesla e os túneis para suas velocidades e autonomia ideais. No futuro, Musk promete que o túnel em Las Vegas será capaz de transportar 4.400 pessoas ou 62 veículos por hora.

 

 

Escreva um comentário