Coronavírus: Pfizer diz que estudo mostra eficácia de 91,3% de vacina em 6 meses

De acordo com a farmacêutica, o produto já foi avaliado em mais de 44 mil pessoas com idade acima de 15 anos, com 12 mil voluntários sendo analisados seis meses após a aplicação da segunda dose

(crédito: AFP / JUSTIN TALLIS)
A Pfizer informou nesta quinta-feira (1) novos dados sobre a vacina contra o coronavírus desenvolvida em parceria com a BioNTech. Conforme mostrou análise de 927 casos sintomáticas da doença, o imunizante se mostrou 91,3% eficaz na prevenção da covid-19 e não apresentou problemas de segurança, em um prazo de até seis meses.
O estudo também indicou que o produto ofereceu proteção em 100% dos casos na África do Sul, onde prevalece a cepa B.1.351 – o que sugere que ele funciona contra essa variante. O profilático foi ainda 100% eficaz contra a versão severa da enfermidade, seguindo as definições do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês).
De acordo com a farmacêutica, o produto já foi avaliado em mais de 44 mil pessoas com idade acima de 15 anos, com 12 mil voluntários sendo analisados seis meses após a aplicação da segunda dose.
“A alta eficácia da vacina observada em até seis meses após uma segunda dose e contra a variante predominante na África do Sul oferece mais confiança na eficácia geral de nossa vacina”, disse o CEO da Pfizer, Albert Bourla.
Carregar Mais Publicações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ERROR: si-captcha.php plugin: GD image support not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable GD image support for PHP.

ERROR: si-captcha.php plugin: imagepng function not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable imagepng for PHP.

Veja também

Há resistência do Senado em compra de vacina por empresas, diz Pacheco

Presidente da Casa ressaltou, no entanto, que os senadores estão debatendo e avaliando a o…