Chile aprova uso emergencial da vacina da AstraZeneca contra covid-19

Vacina se tornou o terceiro imunizante autorizado no país, após as vacinas da Pfizer e Sinovac

Vacina da AstraZeneca contra a covid-19: Chile espera receber 6 milhões de doses da vacina (Dado Ruvic/Reuters)

O Chile aprovou nesta quarta-feira, 27, a vacina contra a covid-19 do laboratório britânico AstraZeneca, do qual espera receber 6 milhões de doses, e se tornou o terceiro imunizante autorizado após o da americana Pfizer e o da chinesa Sinovac, informou o Instituto de Saúde Pública (ISP).

Um comitê de especialistas do ISP autorizou o uso da vacina britânica, após concluir que tem 64% de eficácia contra a covid-19. A aplicação do imunizante será feita em duas doses com 28 dias de intervalo, em maiores de 18 anos, para determinar que é “segura e eficaz”, explicou o diretor da instituição, Heriberto García, durante coletiva de imprensa.

“Não podemos estar mais contentes de que tenhamos conseguido uma terceira vacina para o Chile”, depois de ter aprovado a Pfizer/BioNtech em 16 de dezembro e a Sinovac na semana passada, explicou García.

O Chile espera receber 6 milhões de doses da vacina da AstraZeneca, mas o diretor do ISP disse que não tem “uma data propositiva” para sua chegada.

A autorização da vacina britânica no Chile ocorre em meio a uma polêmica provocada pelo anúncio na sexta-feira passada da AstraZeneca sobre atrasos na entrega das doses encomendadas pela União Europeia, que tinha previsto dar seu aval a esta vacina nesta semana.

O Chile já acordou com a Pfizer a chegada de 10 milhões de doses, das quais já chegaram mais de 150.000. Enquanto isso, a Sinovac também prometeu 10 milhões e nesta quinta-feira são esperados os primeiros 2 milhões de imunizantes do laboratório chinês, confirmou o presidente chileno Sebastián Piñera em sua conta no Twitter.

Piñera assegurou o fornecimento de 30 milhões de vacinas, com o objetivo de imunizar 15 milhões dos 18 milhões de habitantes do país até junho de 2021

Carregar Mais Publicações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ERROR: si-captcha.php plugin: GD image support not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable GD image support for PHP.

ERROR: si-captcha.php plugin: imagepng function not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable imagepng for PHP.

Veja também

Médicos veem flexibilização precoce da quarentena em SP

Eles temem por um novo colapso da rede hospitalar e apontam o risco de um “ciclo sem…