Foto: Silvio Abdon/CLDF

Durante os últimos 20 anos, o policial militar Jânio Farias Marques – cujo nome político é Guarda Jânio – trabalhou para se eleger deputado distrital. Nas eleições de 2018, concorrendo pelo Pros, obteve 10.524 votos e tornou-se o segundo suplente do eleito Delegado Fernando Fernandes (ex-Pros, sem partido). Na manhã desta sexta-feira (18), em solenidade no plenário da Câmara Legislativa, Guarda Jânio assumiu, pela primeira vez, o mandato no Legislativo local.

A posse se deu depois do licenciamento do titular da cadeira, que assumiu nesta semana o comando da Administração Regional de Ceilândia, e do posterior afastamento da primeira suplente, Telma Rufino (Pros), que chefia a Administração de Arniqueira.

Na solenidade desta sexta-feira, após a assinatura do termo de posse e de outras formalidades, Guarda Jânio falou de sua trajetória pessoal e política para chegar até a CLDF, destacando, por exemplo, sua campanha educativa “Não faça do trânsito uma arma”, a partir da qual ganhou o nome de “guarda”. Ele lembrou as dificuldades após o final de cada uma das campanhas eleitorais que disputou, quando “sobram dívidas e todos se afastam”. E completou: “Não cresci em berço de ouro, passei dificuldade. Apanhei, mas hoje estou aqui para contar minha história”.

O recém-empossado abordou, ainda, a situação de suplente: “Dizem que suplente é engessado, mas se eu não tiver coragem de levar adiante as demandas, não posso estar aqui”.

Entre as prioridades elencadas por Guarda Jânio, está a questão da segurança. O parlamentar frisou querer fortalecer a “bancada da segurança pública” na Casa, ao lado dos deputados Hermeto (MDB) e Roosevelt Vilela (PSB) – oriundos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, respectivamente –, presentes na solenidade de posse. Aumentar o efetivo de policiais, assegurar atenção à saúde dos militares, criar postos policiais rurais, recontratar policiais da reserva e outras medidas foram defendidas pelo novo distrital.

Guarda Jânio também destacou que, em seu mandato, irá trabalhar pela Ceilândia, pelo Sol Nascente e pela regularização do assentamento 26 de Setembro.

Em discurso cheio de agradecimentos ao governador Ibaneis Rocha, a deputados distritais e aos seus familiares e apoiadores, o parlamentar realizou, ainda, orações durante a solenidade.

O presidente da CLDF, Rafael Prudente (MDB), parabenizou a posse de Guarda Jânio, lembrando sua luta para chegar ao cargo. E destacou que ele assume em um dos momentos “mais importantes” para o Legislativo: “Com a pandemia, precisamos tomar decisões de forma muito rápida; votamos mais de 300 projetos de lei nos últimos 12 meses. Além disso, estamos em final de semestre, quando há muitos projetos importantes que vão impactar as pessoas lá na ponta. Cada voto muda a vida de muitos”.

Prudente desejou “sabedoria” para o exercício do mandato e explicou que o empossado já pode começar a apresentar projetos. “Quem sabe não aprova sua primeira lei antes do final do semestre”, brincou.

“Foram cinco campanhas, sei de seu sonho e de seu compromisso. Tenho certeza de que irá contribuir de forma diferenciada para que possamos fazer as melhores entregas para a sociedade”, afirmou o deputado Roosevelt Vilela.

Por sua vez, o líder do governo na Casa e corregedor, deputado Hermeto (MDB), disse: “Tenho esperança de união para fortalecer a Polícia Militar, os bombeiros e a comunidade do DF. Temos de trabalhar em prol da sociedade, resguardando nossas origens”.

Também presente na solenidade desta manhã, o comandante-geral da PMDF, coronel Márcio Cavalcante de Vasconcelos, destacou sentir orgulho de ter mais um integrante da PM na Câmara Legislativa. Ele elogiou a trajetória “de sucesso e de honra” de Guarda Jânio na corporação e desejou o mesmo para o mandato do novo parlamentar.

Denise Caputo – Agência CLDF

Escreva um comentário