domingo, 29/11/20

ACSP: varejo em SP termina 2016 com maior queda desde início do Plano Real

Para o presidente da ACSP, Alencar Burti, os números evidenciam como a crise econômica continuou a prejudicar o varejo em 2016

As vendas no varejo da cidade de São Paulo terminaram 2016 com queda média de 8,7% em relação a 2015, aponta levantamento preliminar feito pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Esta foi a maior retração do comércio da capital paulista desde o início do Plano Real. No ano passado, as transações feitas à vista tiveram recuo de 11,8%, enquanto as vendas a prazo caíram 5,5%.

Para o presidente da ACSP, Alencar Burti, os números evidenciam como a crise econômica continuou a prejudicar o varejo em 2016, aprofundando ainda mais a recessão sentida em 2015. Contudo, ele ressalta que a segunda metade do ano registrou quedas menos intensas para o comércio.

Enquanto no primeiro semestre as vendas recuaram 11,1% em relação a igual período do ano anterior, nos últimos seis meses de 2016 a retração foi de 6,5%. “Isso aponta para uma tendência de recuperação gradativa para 2017, especialmente se houver uma redução mais significativa da taxa básica de juros pelo Banco Central”, afirma.



Veja esses Posts

PUBLICIDADE

Assine a nossa newsletter

Oh, olá 👋,
é um prazer conhecê-lo.

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todos os dias.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Navegue no Site

Culinária