Ex-presidente teme receber críticas por participar do ato

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu não comparecer às manifestações de rua deste sábado (19) contra a gestão do presidente Jair Bolsonaro. A decisão foi tomada pelo petista por ele temer receber críticas por promover aglomerações em meio à pandemia e tentar tirar proveito político dos protestos. A informação é do blog do Noblat, do portal Metrópoles.

Segundo Noblat, Lula disse no Twitter estar em dúvida sobre sua participação, a fim de “preparar o espírito dos seus partidários que ainda esperam vê-lo na Avenida Paulista”.

– Eu ainda não sei se vou à manifestação. Tenho uma preocupação. Não quero transformar um ato político em um ato eleitoral. Não quero os meios de comunicação explorando isso como o Lula se apropriando de uma manifestação convocada pela sociedade brasileira – escreveu.

O ato está previsto para ocorrer em cidades de todo o país e terá a participação dos principais dirigentes do PT, incluindo a presidente da legenda, Gleisi Hoffmann (PR), e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad.

Escreva um comentário