Segundo governador, imunização do grupo será iniciada na terça-feira (29). Secretaria de Saúde diz que abertura de novas vagas depende da chegada das vacinas previstas.

Vacinação contra Covid-19 no DF — Foto: TV Globo / Reprodução

Pessoas com 48 anos poderão agendar a vacinação contra a Covid-19 a partir da próxima segunda-feira (28), no Distrito Federal. A informação foi anunciada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), que também disse que a aplicação das doses para esse grupo terá início na terça-feira (29).

O governador disse que serão disponibilizadas 30 mil vagas. Questionada pelo G1 sobre a declaração, a Secretaria de Saúde afirmou que “a abertura do agendamento depende da chegada das vacinas previstas”.

Atualmente, a campanha do DF atende pessoas com 49 anos ou mais. No entanto, na manhã desta quinta-feira (24), o site da Secretaria de Saúde estava com todos os agendamentos suspensos, inclusive para grávidas e puérperas, que tinha começado na quarta. A pasta orienta que o público “aguarde nova disponibilidade de vagas”.

Desde o início da campanha, em janeiro passado, 920.065 pessoas receberam a etapa inicial da vacina, no DF. Entre os atendidos, 332.905 também tomaram a segunda dose e, portanto, concluíram a imunização.

Vacina contra Covid-19 no DF — Foto: TV Globo / Reprodução
Vacina contra Covid-19 no DF — Foto: TV Globo / Reprodução.

Expectativa de novas doses

Nesta quarta-feira (23), o Ministério da Saúde divulgou a distribuição de 111.030 novas doses de vacinas contra Covid-19 ao Distrito Federal, nesta semana. Apesar de Ibaneis ter dito que esperava a chegada das vacinas até quinta-feira, a Secretaria de Saúde do DF informou que os lotes podem ser recebidos até sexta (25).

Em nota técnica, o Ministério da Saúde recomenda que as 18.950 doses da Janssen, que é de apenas uma dose, sejam usadas para atender pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente. No entanto, o GDF pretende destinar 18 mil delas para professores.

O objetivo é completar a imunização de trabalhadores da rede pública de ensino até o início de agosto, quando as aulas presenciais devem ser retomadas. Outras 950 doses de vacinas da Janssen serão destinadas a pessoas em situação de rua, segundo o GDF.

Brasília deve receber ainda mais 28.080 doses de Pfizer e 64 mil da CoronaVac nesta semana. Entre elas, uma parte será destinada para professores das fases iniciais do ensino fundamental na rede particular (veja abaixo). Até então, apenas quem atua em creches é atendido.

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, as doses da Pfizer e CoronaVac serão divididas em:

  • 8 mil doses para professores da rede privada do Ensino Fundamental I;
  • 30 mil para ampliação da faixa etária para 48 anos;
  • 2 mil para vigilantes e funcionários do SLU;
  • 2 mil para rodoviários;
  • 6 mil para gestantes e puérperas;
  • 3 mil para Forças Armadas.

O quantitativo restante é para reserva técnica.

Escreva um comentário