• quarta-feira , 20 fevereiro 2019

Últimas vítimas do incêndio do Flamengo são enterradas nesta segunda

Gedson Santos, Athila Paixão, Rykelmo Viana, Jorge Eduardo dos Santos e Samuel Thomas Rosa foram homenageados e velados em suas cidades

Enterro de Jorge Eduardo, uma vítimas do incêndio no CT Ninho do Urubu, na cidade de Além Paraíba (MG) (Alaerte Coelho/Arquivo pessoal)

Os corpos de Gedson Santos (14 anos), Athila Paixão (14 anos), Rykelmo de Souza Viana (16 anos), Jorge Eduardo Pereira dos Santos (15 anos) e Samuel Thomas Rosa (15 anos) foram enterrados nesta segunda-feira, 11. Os cinco jovens foram os últimos a serem velados – os outros cinco já haviam sido encaminhados para suas cidades e enterrados durante o final de semana.

O velório de Gedson começou ainda na noite do domingo, por volta das 23h30, no ginásio municipal Lauro Loureiro de Melo, na cidade de Itararé, no interior de São Paulo. O caixão foi recebido com uma salva de palmas. Teresa Cristina Beltrão, mãe do jogador, chegou a passar mal, desmaiar e precisou ser atendida. O enterro aconteceu às 10h no Cemitério Municipal de Itararé. Gedinho, como era conhecido, tinha se transferido para o Flamengo apenas dois dias antes da tragédia.

Uma hora mais tarde, Athila Paixão foi sepultado no cemitério do Povoado Brasília, em Lagarto (SE). O velório aconteceu na quadra de esportes em que o atacante deu seus primeiros chutes. Athila completaria 15 anos daqui a um mês exato, no dia 11 de março. Ele era fã do conterrâneo Diego Costa, jogador naturalizado espanhol que defende o Atletico de Madrid e a seleção europeia.

Jorge Eduardo e Samuel Thomas foram os dois últimos identificados no Instituto Médico Legal Afrânio Peixoto, no Rio de Janeiro. O corpo de Jorge chegou à cidade de Além Paraíba (MG) apenas ao meio-dia. O velório aconteceu no Centro de Educação e Cultura. Os presentes aplaudiram quando corpo de bombeiros levou o caixão para o sepultamento no Cemitério Municipal.

O enterro de Rykelmo estava previsto para acontecer pela manhã, na cidade de Limeira, no interior de São Paulo. Porém, foi adiado para a parte da tarde para que familiares e amigos de outras cidades pudessem chegar a tempo. Os parentes se despediram do mais velho das vítimas do incêndio no Cemitério Parque de Limeira. Rosana Viana, a mãe do jogador, fez uma oração durante o velório e emocionou a todos os presentes.

O Cemitério de Vila Rosali recebeu os familiares e amigos de Samuel Thomas para o velório e o enterro. A cerimônia breve começou só perto das 14h e o sepultamento aconteceu por volta das 16h. A mãe chegou de ambulância ao cemitério e chegou a desmaiar antes do enterro. Um dos tios da vítima também passou mal.

Fonte Veja

Veja Também