• terça-feira , 19 março 2019

TRF2 mantém prisão de nove deputados do Rio

Lava-Jato no Rio

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) manteve nesta quarta (14) a prisão preventiva (sem prazo) de nove deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) investigados na Operação Furna da Onça, deflagrada no último dia 8.

Em decisão unânime,  os cinco desembargadores federais julgaram necessária a prisão deles a fim de garantir a ordem pública.

Com isso, reafirmam-se as prisões dos réus do processo derivado da Operação Cadeia Velha – Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi (MDB), que também foram alvos da Furna da Onça.

A decisão inclui ainda seis deputados que estavam em prisão temporária – André Corrêa (DEM), Chiquinho da Mangueira (PSC), Coronel Jairo (MDB), Luiz Martins (PDT) e Marcos Abrahão (Avante) e Marcus Vinicius “Neskau” (PTB).

Já para Marcelo Simão (PP), a decisão foi menos severa: proibição de frequentar a Alerj e sair do país, entregando o passaporte à Justiça.

Isso porque não foi apurado, em seu caso, conduta que caracterizasse impedimento de coleta de provas ou sua destruição.

Fonte-Potyal Veja

 

Veja Também