• segunda-feira , 24 setembro 2018

Toquinho e Ivan Lins se apresentam em Brasília com show ’50 Anos de Música’

Turnê atraiu 500 mil pessoas em todo Brasil. Show ocorre em 13 de abril; meia-entrada custa R$ 50.

Juntos para comemorar meio século de carreira na música brasileira, Toquinho e Ivan Lins chegam a Brasília com a turnê “50 Anos de Música” na próxima sexta-feira (13). O show resgata composições que marcaram gerações e a história por trás dos clássicos, contada pelos músicos ao longo do espetáculo.

O evento será realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães às 21h30. A meia-entrada custa de R$ 50 a R$ 75 e pode ser comprada pela internet ou presencialmente, na central de ingressos do Brasília Shopping e na Fnac do Park Shopping.

Compositor, cantor e pianista brasileiro Ivan Lins (Foto: Isabel Garcia/Divulgação)

A turnê, que começou com uma participação especial de Ivan Lins em um show de Toquinho, está circulando pelo Brasil há três anos e atraiu público de cerca de 500 mil pessoas. No repertório, músicas como “Aquarela”, “Como dizia o poeta”, “Samba” e “Começar de novo”.

Considerados dois grandes mestres da Bossa Nova, Ivan Lins e Toquinho somam mais de 800 composições. O primeiro, compositor, cantor e pianista, é reconhecido pela mistura de samba, jazz e soul, e gravou 35 discos. Já compositor, cantor e violinista Toquinho, que ingressou na música aos 14 anos, gravou 84 discos.

Homenagem

Em homenagem às cinco décadas de carreira de Toquinho, a Embaixada da Itália em Brasília entregará ao compositor a condecoração “Grande Ufficiale dell’Ordine della Stella d’Italia” (Grande Oficial da Ordem da Estrela da Itália) um dia antes do show, na quinta-feira (12).

Compositor, cantor e violinista brasileiro Toquinho durante show (Foto: Toquinho/Divulgação)

Segundo a embaixada, a medalha é um reconhecimento concedido a italianos no exterior ou estrangeiros que tenham desenvolvido “relações de amizade e colaboração” com o país. A condecoração é outorgada pelo presidente da Itália, Sergio Mattarella.

Neto de italianos por parte de mãe e de pai, Toquinho contribuiu “enormemente” para o fortalecimento das relações culturais que unem a Itália e o Brasil, informou a embaixada.

“A presença na vida cultural italiana é um elemento constante da sua experiência artística, tendo aberto a muitos músicos italianos as portas da vanguarda musical brasileira.”

 

Veja Também