• segunda-feira , 18 fevereiro 2019

Temer será testemunha de Geddel sobre denúncia de Calero

Ex-presidente vai depor no processo em que baiano é acusado de pressionar ministro da Cultura para exigir liberação da construção de edifício

Geddel Vieira Lima e o ex-presidente Michel Temer (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ex-presidente da República Michel Temer (MDB) será testemunha de defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB) no caso sobre a denúncia do também ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero.

O emedebista baiano é réu por improbidade administrativa por supostamente exigir a Calero a liberação da construção do Edifício La Vue, no bairro da Barra, em Salvador, no qual havia comprado um apartamento. Na ocasião, Geddel era ministro-chefe da Secretaria de Governo.

A obra estava embargada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), órgão vinculado ao Ministério da Cultura. Além de Temer, os ex-ministros Eliseu Padilha e Gustavo do Vale Rocha também foram arrolados como testemunhas de Geddel. No dia 15 de março, acontecerá a audiência de instrução do baiano na sede da Justiça Federal no DF.

Geddel está preso desde setembro de 2017 no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. Ele foi preso por ordem do juiz Vallisney de Souza Oliveira após a Polícia Federal identificar impressões digitais nos 51 milhões de reais apreendidos em um apartamento em Salvador. O magistrado argumentou que havia “fortes indícios” de o dinheiro pertencer ao ex-ministro. Fonte: Veja

Veja Também