• domingo , 23 setembro 2018

Servidores da Novacap entram em greve por reajuste salarial

Serviços como poda de árvores e manutenção de asfalto foram interrompidos nesta segunda (26).

Funcionários da Novacap desobstruem boca-de-lobo na Asa Sul, em Brasília (Foto: Tony Winston/Agência Brasília/Divulgação)

Os servidores da Novacap interromperam as atividades no Distrito Federal nesta segunda-feira (26) para pedir reajuste salarial e renovação de benefícios, como vale-alimentação e plano de saúde. A companhia tem cerca de 2 mil funcionários e faz serviços como poda de árvores e manutenção de asfalto.

O salário dos servidores não passa por reajuste há quatro anos, segundo o presidente do Sindicato dos Servidores do DF (Sindser), André Luiz da Conceição. “A gente desistiu de pedir aumento. Quer só a reposição da inflação, mas a Novacap se recusa a dar”, explicou.

“A proposta que o GDF apresentou foi de R$ 40 de aumento, mas nós tivemos prejuizo de R$ 200 em março por um aumento no plano de saúde.”

A categoria também quer que a Novacap contrate um plano de saúde empresarial para substituir o atual, assinado por adesão coletiva dos servidores. Segundo Conceição, a licitação para o processo até existe, mas foi engavetada.

00Funcionários da Novacap fazem limpeza de bueiros na Asa Sul, em Brasília (Foto: Renato Araújo/Agência Brasília/Divulgação)

Com a greve, ficam interrompidos serviços como poda de árvores, manutenção de asfalto – “operação tapa buraco” – e de bocas de lobo e fiscalização de obras.

A expectativa do Sindser é que a categoria entre em acordo com a Novacap e o GDF até quinta-feira (29), antes de acabar o prazo para renovação do acordo coletivo de trabalho, firmado no ano passado.

Veja Também