• quinta-feira , 19 Abril 2018

Semana começa com tempo nublado, mas sol volta ao DF nos próximos dias

Previsão do Inmet indica tempo nublado e encoberto no DF nesta segunda-feira. Ao longo da semana, porém, sol volta a brilhar com mais força. Ainda assim, haverá chuva, afirma instituto

 
O sol voltará a aparecer com mais frequência no Distrito Federal. O tempo se mantém nublado nesta segunda-feira (8/1), mas, de acordo com previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o céu começa a se abrir ao longo desta segunda semana de 2018.
Apesar do tempo mais aberto, as chuvas não vão parar de cair no DF tão cedo. “Teremos sol, mas a previsão de pancadas se mantém”, afirma o meteorologista Manoel Rangel, do Inmet.
Com o sol, há a expectativa de temperaturas mais altas. O Inmet espera que, ao longo da semana, os termômetros atinjam 30°C.
Nesta segunda-feira, porém, o calor não deve aumentar em relação ao fim de semana. Depois de uma manhã considerada fria para a estação, com mínima de 17°C, a temperatura à tarde deve ficar em torno dos 27°C. A umidade relativa do ar se mantém alta, entre 95% e 60%.

Chuvas dentro da expectativa

Choveu no DF cerca de um quarto do esperado para janeiro na primeira semana do ano. A estação meteorológica do Inmet no Sudoeste registrou acúmulo de 63,6 milímetros de chuva nos sete primeiros dias de 2018. O valor equivale a 25,7% dos 247,4mm correspondentes à média do mês.
Em relação ao mesmo período do ano passado, houve um aumento considerável do volume de chuvas. A primeira semana de 2017 não teve mais do que 19 milímetros de chuva, menos de 30% do acumulado neste ano.
Janeiro, portanto, mantém o ritmo de chuvas registrado nos últimos meses de 2017. Em dezembro, o volume acumulado ultrapassou a média esperada a cinco dias do fim do mês.
No entanto, 2017 terminou com volume de chuvas abaixo da média. Segundo o Inmet, choveu 15,46% abaixo dos cerca de 1,5 mil esperados para o DF durante todo o ano.

Barragens crescem em ritmos diferentes

Por causa das chuvas e do racionamento, os dois principais reservatórios do DF mantêm as capacidades acima dos valores de referência para o mês. A barragem do Descoberto, cujo volume só cresceu desde o começo do ano, registrou nível em 34,8% na tarde de domingo (7/1). O número representa aumento de 4,7 pontos percentuais em relação ao registrado em 31 de dezembro.
Também na tarde de domingo, o lago Santa Maria registrou 31,4% da capacidade. Apesar de o valor estar quase quatro pontos percentuais acima do esperado pelo GDF, o volume do reservatório no Parque Nacional de Brasília aumenta em ritmo menos acelerado do que o Descoberto. Desde o primeiro dia do ano, o nível subiu apenas 1,3 ponto percentual.
Confira aqui quais cidades sofrem corte no abastecimento de água nesta segunda-feira.

Veja Também