• quarta-feira , 20 fevereiro 2019

Segundo PCDF, mulher agredida na saída de boate no Lago Sul começou briga

À Polícia, a moça relatou que foi jogada em uma fonte na frente da boate pelos próprios seguranças do evento

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A Polícia Civil do Distrito Federal divulgou nesta sexta-feira (1/02) que a mulher de 22 anos que denunciou agressão na saída de uma boate, no Setor de Clubes Sul, teria começado a briga. De acordo com as investigações da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), a jovem estava embriagada quando saiu da casa de festa, no último domingo (27/1), e, no estacionamento, teria agredido uma mulher e um amigo da moça.

Logo depois, ela foi agredida pelo companheiro da mulher agredida.

À Polícia, a jovem que fez a denúncia relatou terido sido jogada em uma fonte na frente da boate pelos próprios seguranças do evento. Quando o marido a ajudava a sair da água, uma mulher a segurou e um homem deu dois socos em seu rosto.

Em seu perfil do Instagram, ela fez uma série de postagens mostrando fotos do olho direito inchado e pedindo ajuda para identificar os agressores. “Peço por favor que quem estava no local e tenha visto o fato, me ajude a saber quem foi o tal homem”.

 

    Veja Também