• sábado , 23 março 2019

Reforma emagrece

Seja o que o Congresso quiser

Para economistas, reforma da previdência pode a provocar a retomada da confiança pelos investimentos e, consequentemente, do crescimento e da arrecadação (Folha Imagem/VEJA)

Aos poucos, o governo do presidente Jair Bolsonaro começa a se convencer de que o Congresso só aprovará a Reforma da Previdência se ela sofrer uma razoável lipoaspiração.

Foi com essa certeza que líderes de partidos, e também o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, saíram do encontro que tiveram ontem com Bolsonaro e alguns dos seus auxiliares.

Bolsonaro quase não falou. Mas ao fazê-lo, repetiu que reforma boa não é aquela proposta pelo governo, mas a que o Congresso aprova.

Fonte Veja

Veja Também