• sábado , 17 novembro 2018

Protestos em Brasília travam trânsito no Eixo Monumental e na W3

Via N1, no sentido Esplanada, está praticamente parada. Movimentos protestam contra ‘privatização da água’.

 

Trânsito intenso no Eixo Monumental durante manifestação de movimentos sociais nesta quinta (22) (Foto: Reprodução)

Uma caminhada organizada por movimentos sociais complica o trânsito no centro de Brasília na manhã desta quinta-feira (22).

Por volta das 10h, a via N1 do Eixo Monumental, sentido Esplanada dos Ministérios, estava praticamente parada do Estádio Mané Garrincha ao Setor Hoteleiro Norte. A via S1, que segue na outra direção, não tem retenções.

Manifestações de movimentos sociais no centro de Brasília, nesta quinta (22) (Foto: Evandro Bezerra/Arquivo pessoal)

O trânsito na W3, no sentido norte, está completamente parado da altura do Setor de Rádio e TV Sul até a entrada da quadra 702 Norte. As paralisação impactam na via N2. O pior ponto está entre o Shopping ID e o Conjunto Nacional.

Segundo manifesto publicado pelo grupo, os alvos do protesto são grandes empresas que estariam utilizando o 8º Fórum Mundial da Água, em Brasília, para fazer uma “rodada de negociações” e “privatizar cada metro cúbico disponível de água no planeta”.

Cena do documentário “Torquato – Todas as horas do fim”, de Eduardo Ades e Marcus Fernandes. (Foto: Torquato/YouTube/Reprodução)

Os manifestantes estimam que cerca de 5 mil manifestantes estejam no local. A previsão da Polícia Militar é de 400 pessoas no protesto. Além de palavras de ordem, os militantes fazem pichações no centro da cidade.

Participam do ato o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), o Levante Popular da Juventude, o Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

 

Veja Também