• quinta-feira , 13 dezembro 2018

Professor de cursinho comunitário dá aula on-line de graça antes de concurso da PM-DF

Prova de soldado da Polícia Militar será neste mês. Quase 28 mil candidatos se inscreveram.

Policiais Militares do DF fazem patrulhamento em rua da cidade (Foto: Andre Borges/Agência Brasília )

O professor de redação Samuel Quintiliano, que formou mais de 1.200 alunos em cursinhos comunitários em Ceilândia, Planaltina e Samambaia, dará uma aula on-line gratuita, às 20h desta quinta-feira (3), para os mais de 60 mil candidatos que farão a prova de soldado da Polícia Militar do Distrito Federal em 20 de maio.

Na aula, o professor vai apresentar os critérios da banca organizadora do concurso, a Iades, e os últimos sete temas abordados nas provas da PM. A aula vai durar cerca de uma hora. Os alunos serão ensinados a gerenciar a pressão do tempo escasso de prova, principal fator de reporvação em redações.

A intenção, segundo Quintiliano, é de ajudar os estudantes que não têm condições financeiras de pagar para estudar em cursinhos de preparação. As inscrições estão abertas na página do professor.

O concurso principal da PM é para o Curso de Formação de Praças, que prevê 500 vagas imediatas e 1,5 mil para cadastro de reserva. É preciso ter curso superior completo e menos de 30 anos de idade.

A remuneração é de R$ 4.119 durante o curso de formação, fora o auxílio-alimentação de R$ 850. Na primeira função, de soldado, o salário vai para R$ 5.245.

Estão previstas provas objetivas, de redação e de aptidão física. Também é feita “investigação” sobre o histórico do candidato para verificar a chamada vida pregressa.

 

Veja Também