• sexta-feira , 20 Abril 2018

Policiais americanos estão atrás de dispositivo que desbloqueia iPhones

(Foto: Reprodução)

Em 2016, a Apple e o FBI tiveram problemas relacionados ao desbloqueio do iPhone do terrorista de San Bernardino. A empresa de tecnologia se recusou a liberar o acesso ao aparelho e de incluir uma backdoor em seus dispositivos.

No entanto, conforme relata o Motherboard, os policiais norte-americanos parecem ter encontrado uma solução para os problemas de relacionamento com a Apple. Os departamentos de polícia e agências federais estão comprando um dispositivo, chamado GrayKey, que contorna a criptografia dos iPhones.

O equipamento, que é uma caixa pequena vendida pela empresa Grayshift, é capaz de desbloquear inclusive o iPhone X e os aparelhos com as atualizações mais recentes do iOS 11. Ele está disponível em duas versões, uma de US$ 15 mil, que requer conectividade online e permite 300 desbloqueios, e uma de US$ 30 mil, que é offline e não tem um limite de desbloqueios.

Além disso, o dispositivo consegue desbloquear um iPhone em um tempo entre duas horas e três dias, dependendo da complexidade da senha.

Segundo a publicação, David R. Bursten, diretor de informações públicas da Polícia Estadual de Indiana, informou que a ferramenta só será usada quando a polícia tiver autorização legal para acessar o smartphone.

Veja Também