• sábado , 23 março 2019

Orquestra Sinfônica comemora 40 anos com concerto de Villa-Lobos

Apresentação reúne clássicos do maestro carioca do século 19, em referência à primeira apresentação da orquestra, na sala Villa-Lobos do Teatro Nacional.

A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro completou 40 anos de formação na última quarta-feira (6) e vai comemorar o feito na próxima terça (12) com um concerto de Villa-Lobos.

Sob a regência de Claudio Cohen, a apresentação começa às 20h no Cine Brasília, a sala de cinema que se tornou a casa provisória dos músicos em 2014, quando oTeatro Nacional foi interditado (relembre o caso abaixo).

Em homenagem ao fundador da orquestra, o concerto será idêntico ao que Claudio Santoro tocou há 40 anos, na primeira exibição na sala Villa-Lobos. O programa contempla sucessos do compositor do século 19, como “Uirapuru”, “Bachianas nº 4” e “Choros nº 10”.

“Para mim também são 40 anos de carreira, porque comecei com 16 anos, junto com o nascimento da orquestra”, disse o maestro Cohen ao G1. Na época, ele ingressou como violinista e foi um dos músicos fundadores.

Orquestra Sinfônica de Brasília — Foto: GDF/ Divulgação

Orquestra Sinfônica de Brasília — Foto: GDF/ Divulgação

A apresentação é, ao mesmo tempo, uma reverência a Villa-Lobos e uma lembrança nostálgica da sala onde os músicos costumavam tocar – a maior do teatro, com capacidade para 1.407 pessoas.

“Dá saudade, claro que dá. O Teatro Nacional era o nosso local de trabalho oficial”, disse Cohen. “A gente espera que, em breve, tenhamos a sala Villa-Lobos de volta.”

No dia 26 de março, a Orquestra Sinfônica fara outra apresentação de homenagem. Deste vez, em celebração aos 30 anos de memória do maestro Claudio Santoro, que morreu em 27 de março de 1989.

Ainda na memória

O foyer da sala Villa-Lobos do Teatro Nacional é reaberto durante assinatura da Lei Orgânica de Cultura do DF  — Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

O foyer da sala Villa-Lobos do Teatro Nacional é reaberto durante assinatura da Lei Orgânica de Cultura do DF — Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Por enquanto, não há expectativa para o regresso da Orquestra Sinfônica de Brasília ao Teatro Nacional. O foyer da sala Villa-Lobos foi reaberto em dezembro de 2017, mas a reinauguração da sala será a última etapa da reforma – ainda sem prazo.

Antes, o GDF pretende reabrir a sala Martins Pena, que é a menor – com capacidade para 407 pessoas – e tradicionalmente abrigava a maior variedade de eventos. A expectativa é que ela seja reinaugurada no aniversário de 60 anos de Brasília, em 21 de abril de 2020.

Teatro Nacional de Brasília Claudio Santoro — Foto: Marcelo Brandt/G1

Teatro Nacional de Brasília Claudio Santoro — Foto: Marcelo Brandt/G1

O Teatro Nacional foi interditado em 2014 após o Ministério Público do DF fazer uma vistoria e identificar 112 irregularidades no prédio. Construído em 1960, o teatro apresentou falhas de manutenção na estrutura e na parte elétrica.

Programe-se

Concerto Sinfônico de 40 anos da Orquestra do Teatro Nacional Claudio Santoro

  • Data: 12 de março
  • Local: Cine Brasília – 106/107 Sul
  • Hora: 20h
  • A entrada é gratuita, por ordem de chegada

Fonte G1

 

Veja Também