• segunda-feira , 18 fevereiro 2019

Novo chefe do Detran do DF já recebeu 35 multas na carteira

O novo coordenador-geral de Atendimento ao Usuário do Detran do Distrito Federal, Cláudio Severino de Resende, foi multado 35 vezes desde que recebeu a carteira de habilitação pela primeira vez, em 1998. Antes de ser nomeado no cargo pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), ele era secretário parlamentar no gabinete do ex-deputado federal Laerte Bessa (PR).

Atualmente, Cláudio está com 14 pontos na carteira, referentes a duas multas gravíssimas por avanço de sinal vermelho. Ele pagou R$ 1.074,69 para quitar esses e outros débitos que também estavam em aberto.

A pontuação não leva em conta cinco infrações mais recentes, que ainda estão em fase de recurso. Quatro delas são por excesso de velocidade, aplicadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), e uma por estacionamento em lugar proibido, lançada pelo Detran em 30 de dezembro de 2018.

Além dessas, Resende já foi multado por estacionar em calçadas, não utilizar cinto de segurança, usar celular ao volante e transitar em faixa exclusiva para ônibus e táxis.

O G1 não conseguiu contato direto com Cláudio Severino de Resende para comentar o assunto.

Legislação

De acordo com o Código Brasileiro de Trânsito, o condutor não pode ultrapassar 20 pontos na carteira dentro de 12 meses. Caso atinja o limite, ele precisa fazer um curso de reciclagem. A CNH pode ficar suspensa por até um ano.

Protesto

As nomeações no Detran têm sido criticadas internamente por servidores de carreira. Segundo o sindicato da categoria, indicados políticos foram nomeados para cargos técnicos.

Em uma nota de sexta-feira (18), o sindicato afirmou que essas nomeações “foram realizadas de forma que contrariam a moralidade administrativa e fragilizam a estrutura de transparência do órgão. […] Abre espaço para a prática de corrupção e ineficiência da prestação dos serviços.”

O G1 procurou o Detran para comentar as alegações. O órgão informou que vai responder ao comentário do sindicato em uma nota que deve ser encaminhada à imprensa nesta segunda-feira (21).

Fonte: Portal G1

Veja Também