• segunda-feira , 10 dezembro 2018

Morre gerente de mercado baleado na cabeça durante assalto no DF

Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal, Gustavo Moreira ficou nervoso e não conseguiu tirar a aliança do dedo

Gustavo Moreira Ricardo, 18 anos, morreu nessa quarta-feira (10/10) no Instituto Hospital de Base (IHB). Ele estava internado desde a última segunda-feira (8) quando foi baleado na cabeça durante um assalto no supermercado onde trabalhava, em Samambaia.

Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal, ele “ficou nervoso e não conseguiu tirar a aliança do dedo” durante o assalto. Os suspeitos ainda obrigaram o rapaz a deitar no chão. Ele teve sua corrente de ouro arrancada do pescoço. Outros funcionários do estabelecimento tiveram os celulares e pertences pessoais roubados e o dinheiro em espécie dos caixas também foi levado.

O crime ocorreu por volta das 9h30. Gustavo foi levado em estado grave pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros ao hospital. A bala ficou alojada na cabeça do jovem.

Região perigosa
A 26ª Delegacia de Polícia, em Samambaia, investiga o caso. O delegado plantonista Reginaldo Alves Araújo classificou a região como “o centro do crime de Samambaia”. Segundo ele, Gustavo é genro do proprietário do estabelecimento assaltado e trabalhava como gerente..

Os criminosos fugiram de bicicleta do local do crime, levando dois celulares e R$ 100. Ainda de acordo com o delegado, o rapaz “não esboçou qualquer reação que provocasse a resposta dos assaltantes”.

Aos policiais, o proprietário afirmou que irá mudar da região. “Nos disse que a área é muito perigosa e a família está toda nervosa com o caso”, explicou o delegado. A polícia está à caça de três menores suspeitos do crime. Imagens de câmeras próximas ao mercado registraram a fuga do trio.

Vizinha do supermercado, Maria Natividade, de 69 anos, afirmou á reportagem que o sentimento é de insegurança na região: “Para dormir aqui, só Deus na causa. De noite é impossível de se sentir seguro. Dormimos com um olho aberto, sempre atentos”.

Ela conta que a neta ouviu o disparo que atingiu o rapaz e imediatamente saiu correndo para parte de trás da residência.

Fonte: Metrópoles

Veja Também