• sábado , 23 março 2019

Modo noturno no Chrome para Android e WebView também escurece páginas da web

A novidade ampliou o uso do modo escuro para usuários do Chrome

Quando uma versão inicial do Chrome 73 beta demonstrou a interface do usuário escurecida pela primeira vez, os fãs da função já ficaram animados. Agora, o Google aparece com ambições ainda maiores para o modo noturno de seu navegador Android: uma nova alteração no código vai colorir as páginas da web para essa opção.

É o que indica uma mudança de código publicada hoje à noite para o gerenciamento de código-fonte do Chromium Gerrit. A alteração adiciona um mecanismo ao Google Chrome, que “permite o modo noturno em conteúdo da web no Android (#enable-android-web-contents-dark-mode)”.

Quando o recurso é ativado, uma preferência é ativada no Blink — mecanismo subjacente do Chrome —: é a “force_dark_mode_enabled”. Ela diz ao sistema se ele deve ou não usar suas configurações de ‘alto contraste’. Essas configurações devem simplesmente alterar as cores de alguns aspectos das páginas web e, como são comumente usadas para acessibilidade, são projetadas para não afetar o desempenho.

O modo noturno prévio do Google ganhou muitas comparações com o do navegador da Samsung. Isso porque o do Google apenas escurecia a interface do Chrome e não atuava sobre as páginas da web de nenhum modo.

Agora, com a inclusão do modo escuro em uma ampla variedade de aplicativos e a adição de uma opção em todo o Android Q, que inclui o escurecimento automático de aplicativos que não o têm integrado, fica claro que esse recurso é uma alta prioridade para o Google em 2019.

Fonte Olhar Digital

 

Veja Também