Fenômeno ocorreu às 18h40 e teve duração de 6,4 segundos. A Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon) calculou a velocidade em 71,7 mil km/h.

 

Câmeras do Clima ao Vivo e da Bramon registraram um meteoro em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Distrito Federal na madrugada desta quinta-feira (15). Confira abaixo as localizações:

– Itajubá/MG – Inovai
– Arcos/MG – Twister Soft Net
– Guaxupé/MG – Sicoob Agrocredi
– Itapecerica/MG – Grupo Isimples
– Teófilo Otoni/MG – Hotel Beira Rio
– Pedro Leopoldo/MG – Telecom Dados
– Lagoa da Prata/MG – Netwise Internet
– Patos de Minas/MG – Ivan Soares (Bramon)
– Belo Horizonte/MG – Aeroclube de Minas Gerais (Aeroporto de Carlos Prates)

– Itaboraí/RJ – Itanet
– Armação dos Búzios/RJ – Pousada dos Reis

– Itaberaba/BA – PDN Telecom
– Porto Seguro/BA – Alexa Aviation

– Brasília/DF – Combo Livre

– Taubaté/SP – Cond. Ekobé Espaço & Vida

O que é um meteoro?

Confira uma breve explicação do Marcelo Zurita da Bramon: “Asteroides, meteoroides e cometas orbitam o Sol em uma velocidade altíssima, algo entre 40 mil e 266 mil quilômetros por hora. Quando atingem a atmosfera da Terra nessa velocidade, mesmo fragmentos tão pequenos quanto um grão de areia são capazes de aquecer instantaneamente os gases atmosféricos, gerando um fenômeno luminoso chamado de meteoro. Então, o meteoro é apenas o fenômeno luminoso, nada mais. Meteoro não é sólido, não é líquido e nem gasoso, é apenas luz. Popularmente, o meteoro é também chamado de estrela cadente.”

De maneira geral, quanto maior o objeto, mais luminoso será o meteoro. E quando sua luminosidade supera o brilho de Vênus, o meteoro é comumente chamado de ‘fireball’ ou bola de fogo. Algumas vezes, dependendo também da velocidade e do ângulo de entrada, o meteoroide ou asteroide é grande o suficiente para atingir as camadas mais densas da atmosfera. Nesses casos, além de formar uma bola de fogo mais espetacular, o meteoro geralmente termina com um evento explosivo. Esse tipo de meteoro também é chamado de bólido, e popularmente, também é associado ao “sinal dos tempos”, “Jesus voltando” e outras profecias apocalípticas.


 

 

Escreva um comentário