• sábado , 23 março 2019

Licença-prêmio: Saúde promete pagar hoje R$ 9 milhões a servidores

Entre janeiro e fevereiro, segundo o governo, já foram depositados mais de R$ 21 milhões em benefícios atrasados

O governo promete pagar nesta terça-feira (26/2) R$ 9.955.371,20 para servidores da área de Saúde, referentes a licenças-prêmio não usufruídas. Com esse depósito, o montante desembolsado em janeiro e fevereiro, referente a esses e outros benefícios, soma R$ 21.337.000.

Segundo o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, o pagamento será feito até o final da noite desta terça-feira (26) a 314 servidores, entre aposentados, pensionistas e exonerados no período entre 2002 e 2010. A média será de R$ 31 mil para cada um.

O anúncio foi feito no curso de capacitação dos novos gestores do Instituto de Gestão Estratégica da Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), no Hospital de Base. O diretor do órgão, Francisco Araújo, disse que todas as unidades de pronto atendimento (UPAs) estão aptas a funcionar sob o novo modelo de gestão até agosto deste ano.

Outros benefícios
Além da licença-prêmio, a Secretaria de Saúde também pagou em fevereiro o valor de R$ 4.882.054,45, referente ao Trabalho por Tempo Determinado (TPD), de outubro do ano passado. Foram beneficiados 2.771 servidores da pasta.

Outro pagamento de benefícios já tinha ocorrido nesta gestão, em janeiro deste ano. Naquela ocasião, 3.105 servidores da pasta foram beneficiados com o depósito de R$ 5.016.013,81, valor referente a TPD de setembro de 2018 e demais verbas indenizatórias. Somando os benefícios, são mais de R$ 21 milhões.

 Fonte Metrópoles

Veja Também