• terça-feira , 14 agosto 2018

Joe se oferece como vice na chapa de Frejat e é rejeitado

Foto/Arquivo Notibras

A candidatura de Joe Valle (PDT) ao Palácio do Buriti começa a fazer água. Os sinais de naufrágio foram sentidos poucos dias após o lançamento da pré-candidatura do presidente da Câmara Legislativa à sucessão de Rodrigo Rollemberg e mostra a fragilidade de Joe, visto por adversários como um aventureiro.

Na segunda, 12, emissários do deputado procuraram interlocutores de Jofran Frejat, pré-candidato pelo PR, para propor uma dobradinha. Mas saíram cabisbaixos, ao ouvirem um sonoro ‘não!’.

Na coordenação da campanha de Frejat, o nome preferido para ficar com a vice-governadoria é o da ex-deputada Eliana Pedrosa. “Ela é experiente, tem densidade eleitoral e já provou em diferentes oportunidades suas preocupações com o futuro de Brasília, diferentemente de Joe. É com Eliana que estamos conversando”, revelou um dirigente do PR

Na avaliação de analistas políticos, a tentativa de aproximação de Joe Valle e seu grupo da candidatura de Frejat indica que o presidente da Câmara quer aproveitar a ‘onda buritizante’ para ocupar espaço na mídia. Seria, no fundo, uma espécie de ‘balão de ensaio’ para se cacifar a uma eventual cadeira de deputado federal.

– Isso é comum. Políticos inexpressivos tentam pegar carona em situações atemporais para mostrar a cara”, disse o cientista político João Peixoto sobre as manobras de Joe Valle. Segundo ele, o deputado do PDT virou presidente da Câmara “por uma dessas traições tão corriqueiras no mundo político”, numa referência ao racha na base de Rollemberg que permitiu a vitória de Joe Valle por apenas um voto.

Veja Também