• quarta-feira , 14 novembro 2018

Grupo especializado em desbloquear celular roubado é alvo da Polícia Civil do DF

Oito pessoas foram presas. Esquema ocorria em regiões do DF e em cidades goianas, aponta investigação

Pessoas andam na rua com celular na mão (Foto: Marcelo Brandt/G1)

Polícia Civil do Distrito Federal desarticulou, na manhã desta quinta-feira (8), um esquema especializado em desbloquear celulares roubados e furtados. Até a última atualização desta reportagem, oito pessoas foram presas suspeitas de liderarem o grupo. Uma delas, segundo a polícia, é um professor da rede pública do DF.

As investigações mostraram que um grupo utilizava aplicativos para permitir o uso dos celulares pelos criminosos. A apuração liderada pela 17ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Norte) indicou, ainda, que a ação se estendia até Goiás. No total, 110 policiais participaram da operação.

Ao todo, os policiais cumprem 15 mandados de busca e apreensão em Taguatinga, Ceilândia e na Feira dos Importados, além de Goiânia e Águas Lindas de Goiás. Além de celulares, os policiais encontraram carregadores de arma de fogo e munição.

De acordo com a Polícia Civil, que classifica o grupo como sendo uma organização criminosa, emitia notas fiscais frias e revendia os celulares a preços menores. Segundo o delegado-chefe da 17ª DP, não há, ainda, como informar um total de pessoas envolvidas no esquema.

Veja Também