• domingo , 24 março 2019

Governo renova presença das Forças Armadas em região de presídio em RO

Penitenciária federal abriga líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital

Militares das Forças Armadas reforçam a segurança no perímetro da Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia – 27/02/2019 (DEPEN/Divulgação)

O governo federal renovou o emprego das Forças Armadas para Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no entorno da penitenciária federal de Porto Velho. De acordo com decreto presidencial, a atuação ocorrerá a partir desta quinta-feira, 28, até o dia 29 de março em um raio de dez quilômetros de distância da unidade prisional.

A presença de militares para reforçar a segurança na região foi definida após a transferência presos ligados à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) para a unidade prisional no dia 11 de fevereiro e estava prevista para terminar nesta quarta, 27.

Segundo o ato, o ministro da Defesa definirá a alocação dos meios disponíveis para o emprego das equipes, que será realizado em articulação com as forças de segurança pública competentes e com o apoio de agentes penitenciários do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O primeiro decreto estendia o uso das Forças Armadas para atuar no entorno da penitenciária de Mossoró, no Rio Grande do Norte, que também recebeu presos do PCC.

Fonte Veja

 

Veja Também