• segunda-feira , 18 fevereiro 2019

Governo pensa em restringir posse de liquidificador

A ideia surgiu a partir da opinião do chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, de que o eletrodoméstico pode ser tão perigoso quanto uma arma de fogo

(Evaristo Sa/AFP)

Já está em estudo nas reuniões ministeriais de Brasília um decreto para restringir os liquidificadores nas casas brasileiras. A ideia surgiu a partir da opinião do chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, de que o eletrodoméstico pode ser tão perigoso quanto uma arma de fogo. “A gente vê criança pequena botar o dedo dentro do liquidificador e ligar o liquidificador e perder o dedinho”, informou.

Para proteger o cidadão de bem, o porte do eletroeletrônico será agora limitado. Afinal, um liquidificador não serve para legítima defesa, apenas para ferir a família brasileira. O governo encomendou ainda uma pesquisa para levantar o número de mortes por liquidificadores no Brasil, em especial feminicídios. Vai divulgar o resultado pelo WhatsApp. Fonte: Portal Veja

 

 

Veja Também