• quinta-feira , 18 outubro 2018

GDF busca parceria para funcionamento de Hospital Veterinário em Taguatinga

Edital prevê convênio com organizações da sociedade civil para realização de consultas, exames e cirurgias gratuitas para cães e gatos. Prédio está pronto; entidades de fora do DF podem participar.

O governo do Distrito Federal lançou um edital para buscar parceria com organizações da sociedade civil e colocar em funcionamento o Hospital Veterinário do Parque Largo do Cortado, em Taguatinga. O objetivo é ocupar o prédio de 540 metros quadrados – que está pronto – e oferecer serviços de consulta, cirurgias e exames gratuitos para cães e gatos.

Segundo o Instituto Brasília Ambiental (Ibram), responsável pelo projeto, o investimento previsto para o primeiro ano de atividade do hospital é de R$ 1 milhão, mas a organização que assumir a unidade poderá captar recursos externos. O Ibram pretende garantir atendimento para 400 mil animais ao longo de cinco anos.

Gato para adoção no Centro de Zoonoses, em Brasília (Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília.)

Além de consultas clínicas, cirurgias e castração, o hospital deverá fazer trabalhos de orientação sobre boas práticas, normas, higiene dos animais e promoção da guarda responsável. Bichos vítimas de maus-tratos também receberão atendimento.

Veja Também