• domingo , 23 setembro 2018

Gangue responsável por homicídios, roubos e tráfico é alvo de operação policial no DF

Grupo agia em Planaltina. Disputa na região faz ‘inocentes vítimas da violência’, diz delegado.

Polícia cumpre 16 mandados de prisão (Foto: Reprodução/TV Globo)

Quatro integrantes de um grupo criminoso de Planaltina, no Distrito Federal, foram presos na manhã desta terça-feira (13) durante uma operação da Polícia Civil. A gangue foi responsável por mais de 40 homicídios e tentativas de homicídio na região entre 2014 e 2017, segundo a corporação, e também praticava roubos e tráfico de drogas.

Foram expedidos pela Justiça 16 mandados de prisão. Além dos quatro presos nesta terça, um adolescente foi apreendido e outros seis integrantes da gangue já estavam detidos. Os policiais também apreenderam drogas, balança de precisão, máscaras, celulares e dinheiro.

“Os mais ativos da gangue foram capturados. Pela experiência com outras gangues, quando esses são presos, ela vai se desmontando”, afirmou o delegado Valdemar Tassara.

“Planaltina é um caso peculiar onde gangues brigam por dominação da cidade e, nessa briga, acabam fazendo inocentes vítimas da violência.”

De acordo com a polícia, o objetivo desta operação é acabar com a disputa entre duas gangues no local, sendo que a primeira delas já tinha sido alvo da polícia em outra operação.

Segundo as investigações, foi verificado o crime de associação criminosa armada, com a participação de menores de idade, entre 2014 e 2017.

A operação foi batizada de Ares, em referência ao deus grego da guerra. Ela mobilizou cerca de 150 policiais e tem apoio do Departamento de Polícia Circunscricional (DPC), da Divisão de Operações Aéreas (DOA) e Divisão de Operações Especiais (DOE).

 

Veja Também