• segunda-feira , 21 janeiro 2019

Galaxy J8 ou Moto G6 Plus: compare os telefones mais buscados da Black Friday

O Galaxy J8 e o Moto G6 Plus são os celulares mais buscados pelos brasileiros às vésperas da Black Friday. Rodando Android 8.0 (Oreo), os smartphones chamam a atenção pelas fichas técnicas com telas de 6 polegadas com bordas mínimas, 64 GB de armazenamento interno e pela câmera dupla traseira. No entanto, será que é melhor ficar de olho em ofertas do telefone da Motorola, que custa R$ 1.700, ou é melhor esperar uma queda no preço de R$ 1.300 do smartphone da Samsung?

Para te ajudar, o Olhar Digital preparou um comparativo com os dois primeiros colocados do top 10 do Zoom divulgado nesta quinta-feira, 22. Confira a seguir os prós e contras das especificações de cada aparelho.

Design

Tanto a Samsung como a Motorola desenharam os seus smartphones com laterais metálicas e frontal e traseira com vidro. No que diz respeito às medidas, o Moto G6 Plus é o aparelho mais leve e mais fino, com 8 milímetros de espessura e 167 gramas. Apesar disso, o Galaxy J8 não fica muito distante: são 8,2 mm e 177 gramas.

Do ponto de vista da usabilidade, a principal diferença entre os produtos tende a ficar por conta do posicionamento do leitor de digitais. No caso do Moto G6 Plus, o sensor biométrico fica na parte frontal do dispositivo, o que permite que o usuário o use com o aparelho sobre a mesa. Enquanto isso, o Galaxy J8 traz o seu sensor na parte traseira, que agrada alguns por ser uma localização mais natural para os dedos, mas exige que o telefone seja levantado para desbloqueio.

Tela

A Samsung equipou o Galaxy J8 com um display Super Amoled de seis polegadas com resolução HD+ (720p), densidade de 274 pixels por polegada e proporção de 18.5:9, o que significa que ele é mais altinho do que o convencional. Já o Moto G6 Plus chega com um IPS LCD com 5,9 polegadas, resolução Full HD+ (1080), densidade de 409 ppi e proporção de 18:9. A Motorola afirma proteger o display do seu modelo com um Gorilla Glass 3, enquanto a Samsung não diz se usa algum tipo de proteção.

Embora tenham tamanhos muito parecidos, os displays dos aparelhos diferem bastante na resolução. É possível dizer que o Moto G6 Plus tende a entregar uma melhor experiência ao usuário por possuir uma densidade de 409 ppi, acima do que o olho humano pode enxergar a uma distância regular do aparelho. Ou seja, a tendência é que o telefone da Motorola ofereça uma definição melhor para leitura de textos e visualização de imagens e vídeos.

Câmera

Ambas as fabricantes equiparam os seus aparelhos com câmeras traseiras duplas. O Galaxy J8 tem um sensor principal de 16 megapixels com foco automático e abertura de f/1.7, enquanto a lente secundária possui 5 megapixels com f/1.9 e um sensor de profundidade usado para criar o Modo Retrato com o fundo desfocado. Já o Moto G6 Plus carrega uma lente principal de 12 megapixels com f/1.7 e foco de detecção de fases, mais rápido que o do rival, e uma secundária de 5 megapixels com f/2.2 e com sensor de profundidade.

No quesito gravação de vídeos, o telefone da Motorola pode fazer capturas em resolução 4K (2160p) ou em Full HD (1080p) a 60 quadros por segundos, que é ótimo para cenas de ação. Enquanto isso, o Galaxy J8 pode fazer vídeos com definição máxima Full HD (1080p).

Observando esses números, a tendência é que o Moto G6 Plus agrade mais nas fotografias com a câmera traseira. Embora ofereça menos resolução do que o rival, o telefone da Motorola possui foco de detecção de fases, seu flash LED é duplo e tem dois tons, o que deve ajudar em ambientes com baixa luminosidade. Por fim, o modelo se destaca ainda por ter gravações em 4K ou em Full HD a 60 fps.

Na câmera frontal, a situação se inverte: o Galaxy J8 se destaca por um sensor de 16 megapixels com abertura de f/1.9. Já o Moto G6 Plus possui uma câmera de apenas 8 MP e com uma abertura menor, de f/2.2, que tende a piorar os selfies noturnos. Felizmente, ambos possuem flash LED frontal para dar uma forcinha durante a noite.

Especificações

Partindo para a ficha técnica, o Galaxy J8 chega equipado com um processador Snapdragon 450 de oito núcleos de 1,8 GHz, 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno. Já o Moto G6 Plus possui um chip Snapdragon 630 octa-core de 2,2 GHz, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno. Ambos possuem entrada para cartão microSD, conectividade Wi-Fi, Bluetooth, porta para fones de ouvido, rádio FM e suporte a dois chips de operadoras.

Reprodução

Se você estiver procurando um smartphone mais potente, a tendência é que o Moto G6 Plus seja a melhor opção. O aparelho da Motorola possui um processador mais poderoso do que o seu rival, o que tende a ser beneficial para jogos e aplicativos mais pesados. Além disso, há outras duas vantagens: a nova conexão USB-C, que tem se tornado o novo padrão do mercado, e o suporte ao NFC, que pode ser usado para pagamentos móveis e está ausente no Galaxy J8.

No quesito bateria, há um equilíbrio entre os dois telefones. O Moto G6 Plus traz um componente de 3200 mAh e suporta o carregamento rápido, que diminui o tempo necessário de conexão à tomada. Enquanto isso, o Galaxy J8 possui 3500 mAh, que tende a oferecer algumas horinhas a mais do que o rival.

Sistema operacional

Tanto o Galaxy J8 como o Moto G6 Plus chegam de fábrica com o Android 8.0 (Oreo) e devem receber atualização para a versão 9.0 (Pie) em algum momento. No telefone da Motorola, a plataforma do Google roda uma interface mais pura e similar ao que é oferecido nos telefones Pixels. Já a Samsung adota uma personalização própria, que altera a interface do sistema e traz algumas funções específicas da fabricante.

Nesse quesito, a decisão fica a critério do gosto do consumidor. O sistema mais puro da Motorola tende a diminuir o tempo necessário para uma atualização do Android, mas pode carecer de alguns recursos extras. Já a personalização da Samsung traz diversos aplicativos nativos, função de pasta segura e duplicidade de apps de mensagens, que podem compensar uma demora maior nos updates.

Preço e disponibilidade

Ambos os aparelhos deste comparativos já estão disponíveis no Brasil. O Galaxy J8 pode ser encontrado no site da Samsung por R$ 1.300 nas cores preto, prata e violeta. Além disso, o telefone pode ser encontrado em sites de ofertas por cerca de R$ 1.150 na véspera da Black Friday.

Já o Moto G6 Plus está sendo vendido no site da Motorola pelo preço oficial de R$ 1.700. O modelo está disponível nas cores índigo (azul escuro) e Topázio (algo mais próximo do prateado). Quem estiver em busca de descontos, pode encontrar o telefone em sites de ofertas por a partir de R$ 1.330 na véspera da Black Friday.

Conclusão

Com configurações interessantes e belo design, o Galaxy J8 e o Moto G6 Plus prometem ser os queridinhos dos brasileiros na Black Friday 2018. No geral, a dupla mira no mesmo público: consumidores que buscam celulares com recursos de top de linha, mas sem custar tão caro. No entanto, há algumas características que devem ser levadas em conta antes de tomar uma decisão.

Se considerarmos a baixa diferença das promoções, o Moto G6 Plus tende a ser a melhor oferta para o consumidor. O aparelho da Motorola tem uma ficha técnica mais potente do que o rival da Samsung e sua tela promete agradar em atividades como leitura e visualização de vídeos. Por fim, há de se destacar a qualidade da câmera traseira e a perspectiva de atualização mais rápida para o Android Pie.

Reprodução

Embora esteja longe de ser um smartphone ruim, o Galaxy J8 só tende a ser uma decisão mais acertada caso a sua diferença de preço em relação o Moto G6 seja muito grande. Afinal, o modelo apresenta um processador inferior ao de seu competidor e a resolução da tela é aquém para o seu tamanho. Por outro lado, os destaques do aparelho ficam por conta da câmera frontal e da bateria de 3500 mAh.

Caso você ainda não esteja decidido sobre qual smartphone comprar na Black Friday, há outros dispositivos com ofertas interessantes às vésperas do evento. Dê uma olhadinha na ficha técnica do Galaxy A8, do Motorola One, do Zenfone Max Pro, Zenfone 5 Selfie, entre outros. Continue ligado ainda na cobertura especial do Olhar Digital para a Black Friday 2018.

Veja Também