• segunda-feira , 18 fevereiro 2019

Flávio Bolsonaro sobre decisão de Marco Aurélio: “Não vim pedir foro”

Senador afirmou que respeita deliberação de ministro e que vai prestar “esclarecimentos sem problema nenhum” sobre o caso

Flávio Bolsonaro: Com decisão, investigação envolvendo filho do presidente continua (Adriano Machado/Reuters)

O senador recém-empossado Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) afirmou nesta sexta-feira que respeita a decisão de mais cedo do ministro Marco Aurélio Mello, doSTF, de determinar prosseguir com investigações criminais que envolvem o parlamentar por supostas movimentações financeiras atípicas e que não veio pedir foro na corte.

O filho do presidente Jair Bolsonaro afirmou também que vai prestar “esclarecimentos sem problema nenhum” sobre o caso.

“Não vim pedir foro privilegiado. (O ministro Marco Aurélio) decidiu que era o Rio de Janeiro e assim vou fazer no Rio de Janeiro”, disse em entrevista, ao destacar que cabe ao STF analisar caso a caso onde uma investigação deve correr.

“A gente presta esclarecimentos sem problema nenhum. Tem que aguardar a tramitação do processo aí sem problema nenhum”, afirmou.

Em entrevista pouco após ser empossado no plenário do Senado, Flávio disse que o processo volta para o Rio e destacou que ainda há uma indefinição sobre se o caso contra ele vai correr na primeira instância ou na segunda instância.

“Aonde eu tiver que ir eu irei. Respeito a decisão do ministro Marco Aurélio. Vamos para o Rio de Janeiro”, disse.

Em outra entrevista, Flávio disse que não vai decepcionar os eleitores do Rio e vai trabalhar “muito” pela segurança pública e focará também sua atuação na reforma da Previdência e agenda econômica.

O senador disse que não há prazo para ele prestar depoimento na investigação criminal do MP-RJ.Fonte: Exame

Veja Também