• quinta-feira , 17 janeiro 2019

Firefox tem um filtro secreto contra pornografia

O navegador Firefox inclui um filtro secreto que evita que sites adultos apareçam nos atalhos quando se abre uma nova guia. Não se trata de uma censura, mas sim, algo para evitar a exposição de hábitos de navegação na Web para amigos próximos, familiares, ou, na pior das hipóteses, para seus colegas de trabalho.

O filtro não é novo, existe desde 2014, mas só recentemente foi descoberto por alguns usuários do site Reddit. Em seu formato atual, o recurso impede que miniaturas / blocos de sites adultos apareçam na seção das páginas mais acessadas e mais recentes quando se abre uma nova aba no Firefox.

Reprodução

Em resumo, sempre que um usuário tiver o hábito de visitar um site adulto em particular, ou marcar intencionalmente ou acidentalmente uma página adulta, ela não será exibida quando se abre uma nova guia.

As razões por trás desse filtro não residem na atenção dos engenheiros da Mozilla em proteger os hábitos de navegação e a privacidade dos usuários, mas em uma simples questão comercial.

O filtro foi desenvolvido e implementado em 2014. Naquela época, a página do Firefox New Tab continha uma seção chamada Suggested Tiles (blocos sugeridos), que era usada como uma forma de mostrar conteúdo patrocinado e exibir alguns dos sites mais visitados pelos usuários.

A Mozilla implementou o filtro para adultos porque os parceiros comerciais que compraram o conteúdo patrocinado não queriam que seus blocos “fossem associados negativamente ao conteúdo adulto”.

A lista original de filtros para adultos não foi a única lista negra que o Firefox implementou para a página Nova Guia em 2014. Os desenvolvedores também incluíram outras listas negras, como a que impede a exibição de miniaturas de pirataria e sites de torrent ao lado de blocos que promoviam DVDs oficiais.

“A MGM não gostaria que um lançamento do DVD de um filme de James Bond aparecesse na mesma página (em particular, diretamente ao lado), onde aparece o bloco Pirate Bay”, disse um engenheiro do Firefox em 2014.

Mas enquanto o recurso de blocos patrocinados foi removido, a lista negra de sites adultos permaneceu, mesmo com o lançamento do Firefox Quantum, em 2017.

A lista negra é ativada por padrão, mas os usuários podem desativá-la acessando a página de configuração do Firefox, digitando no campo da URL: resource://activity-stream/lib/FilterAdult.jsm e definindo o valor como false.

Veja Também