• sábado , 19 janeiro 2019

Fazenda e polícia miram 287 transportadoras por esquema do diesel

Conforme Fisco paulista, postos de combustível poderiam estar simulando operações com óleo diesel que teriam causado prejuízo de R$ 200 milhões aos erário

Os agentes fiscais da Secretaria Estadual da Fazenda de São Paulo dão sequência à Operação Combustão II nesta segunda-feira, 3. A segunda etapa consiste em fiscalizar 287 transportadores espalhados por todo o Estado a comprovar as operações envolvendo óleo diesel supostamente comercializado pelos postos de combustíveis alvos da primeira fase da ação.

Além do início das verificações nas transportadoras, os agentes fiscais integram, juntamente aos promotores de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado de Campinas (Gaeco) do Ministério Público Estadual e aos procuradores do Grupo de Atuação Especial para Recuperação Fiscal da Procuradoria Geral do Estado (Gaerfis).

As equipes cumprem 16 mandados de busca e apreensão e oito de prisão contra suspeitos de ligação com grupos criminosos envolvidos na simulação das operações. A ação também conta com o apoio da Policia Militar e de oficiais de Justiça.

As informações foram divulgadas pela Assessoria de Comunicação da Fazenda.

Veja Também