• sexta-feira , 20 Abril 2018

Ex-deputado federal do Paraná morre em hotel de Brasília

Arquivo pessoal

O ex-deputado federal do Paraná, Luciano Pizzatto, foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (21), no Hotel Nacional, no Setor Hoteleiro Sul, em Brasília. Aos 60 anos, Pizzatto trabalhava na capital federal como secretário de representação. A Polícia Militar informou que foi acionada por volta da 1h15 para verificar a suspeita de óbito no local.

Uma testemunha que acompanhava o político disse à PMDF que ele tinha tinha histórico de problemas cardíacos e sofria de diabetes. Segundo o relato, Pizzatto se preparava para dormir quando, provavelmente, teria tido um mal súbito e caiu ao chão. Na queda, o político bateu a cabeça na cômoda, o que um corte superficial na testa, informou a testemunha.

A PMDF disse também que a testemunha pediu socorro aos seguranças do hotel e realizou massagem cardíaca no ex-deputado. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou o óbito. A causa da morte ainda não foi identificada. A Polícia Civil também foi acionada para fazer uma perícia no local.

Como chefe do escritório do governo estadual em Brasília, Luciano Pizzatto tinha, entre suas atribuições, o contato com parlamentares e autoridades do Poder Executivo. Nos últimos dias, ele estava acompanhando a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti (PP), nas agendas pela cidade, o que incluía participações no 8º Fórum Mundial da Água e no Seminário Internacional da Primeira Infância.

Pizzatto nasceu no dia 23 de março de 1957, em Curitiba. Formou-se em engenharia florestal pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e foi deputado estadual por um mandato e federal por quatro legislaturas. O político deixa esposa e três filhos.

Veja Também