• domingo , 17 dezembro 2017

Emissão de passaporte no aeroporto do DF está atrasada por falta de consenso sobre reforma

Posto do Na Hora tinha sido prometido para setembro; prazo foi adiado para 1º semestre de 2018. Por enquanto, é possível emitir passaporte só no Riacho Fundo.

O movimento no Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília (Foto: Valter Campanato/ABr)

Prometido para setembro como um novo lugar para tirar passaporte, o posto do Na Hora no Aeroporto de Brasília ainda não saiu do papel por falta de consenso no projeto arquitetônico. Segundo a Inframerica, que administra o terminal, a nova previsão é de que a unidade seja inaugurada no primeiro semestre de 2018.

Pela ideia inicial, o posto seria colocado na praça de alimentação do aeroporto. No entanto, de acordo com a Inframerica, o projeto segue em fase de discussão com a Secretaria de Justiça do Distrito Federal, responsável pelo Na Hora.

A Secretaria de Justiça atribui o atraso à desistência dos Correios em fazer parte do projeto. A estatal seria responsável pelas reformas necessárias em troca de abatimento no aluguel do espaço.

A pasta diz ainda que retomou as iniciativas para colocar o projeto em dia após as mudanças na gestão. Conforme mostrou, o novo secretário de Justiça assumiu o cargo em 21 de novembro.

“Desde sua chegada, após identificar projetos e ações com pendências, tal como esta, a presente gestão restabeleceu diálogos e providências. Em específico, para esta questão, foi revisto o acordo outrora proposto”, declarou a secretaria.

Fachada de agência do Na Hora, em Brasília (Foto: Tony Winston/Agência Brasília)

Veja Também