• terça-feira , 19 março 2019

Em evento, Witzel diz que ficou surpreso com prisão de Pezão

Na noite de quinta-feira (29), o governador eleito do RJ foi homenageado pela comunidade judaica no clube Hebraica Rio

Nesta noite de quinta-feira (29) Wilson Witzel foi homenageado pela comunidade judaica no clube Hebraica Rio. No evento, ele disse a jornalistas que a transição acontecerá de forma normal, mesmo sem a presença do governador Luiz Fernando Pezão (MDB). O governador eleito do Rio de Janeiro se disse surpreso quando recebeu a notícia de que Pezão havia sido preso.

A festa contou com a presença de mais de 300 convidados, entre eles o juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas. O magistrado responsável pelo caso do ex-governador Sérgio Cabral, também preso, disse que só vai comentar sobre a prisão de Pezão a partir de janeiro, quando o político deverá deixar de ter foro privilegiado e seu processo será julgado em 1ª instância.

Bretas declarou-se, contudo, animado com a chegada do novo eleito. “A eleição acabou e agora eu tenho liberdade para falar. Como a maioria dos cariocas, estou respirando ares de mudanças”, disse.

A segurança da festa foi reforçada com agentes da Polícia Federal e Policiais Militares.  Fonte-Portal Veja

Veja Também