• quinta-feira , 21 março 2019

Em encontro com distritais, Ibaneis pede prioridade para Luos e ZEE

Mudanças no orçamento para 2019 também estiveram na pauta do encontro

O governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) se encontrou com atuais deputados distritais na manhã desta terça-feira (27/11). Na pauta, prioridades para 2019 que o futuro chefe do Burito quer que sejam aprovadas ainda neste ano na Câmara Legislativa. A Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos) e o Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) estão entre os principais pedidos do governador para os parlamentares, além de mudanças no orçamento.

“Nós temos as modificações no orçamento que são importantes para o DF e essas legislações que são fundamentais para a cidade”, explicou Ibaneis. Ele também pediu aos distritais apoio para projeto que diminui alíquota da venda de cigarros. “Já ficou comprovado que o aumento não reduziu o consumo de cigarros e nós precisamos recuperar esse imposto e investir cada vez mais na saúde das pessoas que, infelizmente, ainda são usuários de cigarro”, justificou.

Ibaneis comentou a briga entre apoiadores e opositores da Luos na Câmara Legislativa na tarde de segunda-feira. “O embate tem de ser o mais democrático possível. Ninguém precisa aceitar a ideia de ninguém, mas tem de conviver com as diferenças.”

O governador eleito defendeu o texto atual da Luos. “A legislação da forma como está atende as necessidades do DF, dos ambientalistas e está madura pata ser votada”, disse. “Agradar a todos não é pretensão de ninguém. A CLDF tem esse compromisso com o DF”, completou.

Ausências

Dos 24 distritais em exercícios, seis não compareceram ao encontro. Chico Vigilante (PT), Chico Leite (Rede), Luzia de Paula (PSB), Reginaldo Veras (PDT), Robério Negreiros (PSD) e Wasny de Roure (PT) não participaram.

Também participaram da reunião o futuro chefe do Gabinete de Segurança Institucional, deputado federal Laerte Bessa (PR), o futuro chefe da Casa Civil Eumar Novacki e o futuro secretário de relações institucionais, deputado federal Vitor Paulo (PRB). Fonte: Portal Veja

Veja Também