• quarta-feira , 21 Fevereiro 2018

Drones do Detran flagram motos invadindo calçadas no DF

Equipe foi a quadra da Asa Sul após reclamações de moradores; dez motoristas foram autuados. Infração é gravíssima, com multa de R$ 880,41 e 7 pontos na CNH.

Drone do Detran flagra motos pegando atalho por calçadas e passeios no DF

Drones do Detran do Distrito Federal levantaram voo, nesta quinta-feira (1º), para apurar denúncias de que motociclistas estavam “invadindo” calçadas na Asa Sul. Em poucas horas, dez condutores foram flagrados pelas câmeras e multados pela infração.

Os voos cobriram a região das quadras 104/304 e 105/305 Sul. Segundo o Detran, todos os motoristas flagrados pegando os atalhos eram “motofretistas” – entregadores que usam a moto como instrumento de trabalho.

Drone do Detran flagra motos pegando atalho por calçadas e passeios no DF

As câmeras conseguem flagrar as placas dos veículos infratores, e as imagens ficam armazenadas como prova, caso o condutor deseje recorrer da autuação. Como a tecnologia ainda está sendo implementada, os motociclistas só foram autuados porque, simultaneamente, agentes do Detran fizeram abordagens pessoais.

Segundo o Detran, o uso dos drones é amparado pela resolução 532 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que regulamenta a fiscalização por videomonitoramento. Mesmo assim, nesse primeiro momento, as imagens dos drones não serão usadas, sozinhas, para gerar multas.

Motociclista flagrado trafegando em passeio da Asa Sul, no DF (Foto: Detran/Divulgação)

Os motociclistas flagrados nesta quinta foram multados com base no artigo 193 do Código de Trânsito Brasileiro. Segundo o texto, transitar com um veículo motoristado em “calçadas, passeios, passarelas, ciclovias [e] ciclofaixas”, entre outras zonas proibidas, é infração gravíssima. A multa é de R$ 880,41, e o motorista leva sete pontos na carteira de habilitação.

Veja Também