• sábado , 20 janeiro 2018

Detran passa a usar drones no DF para flagrar uso do celular ao volante

Órgão de fiscalização recebeu dois drones como doação. O diretor do Detran afirma que inicialmente intenção é alertar motoristas.

Imagem aérea feita por drone do Detran no DF em cima da Rodoviária do Plano

Para cercar motoristas que usam o celular enquanto dirigem, o Detran do Distrito Federal passou a usar drones na fiscalização. A ferramenta, que começou a ser usada na segunda-feira (18), também pode flagrar desrespeito à faixa de pedestre, estacionamento irregular e tráfego em locais proibidos.

O diretor-geral do Detran, Silvain Fonseca, disse que as máquinas legalmente já poderiam servir como instrumento direto para multar motoristas. No entanto, ele afirma que inicialmente a intenção principal é alertar os condutores sobre a novidade – e ao mesmo tempo permitir ao órgão fazer os últimos testes.

Imagem aérea feita pelo drone do Detran do DF

“A qualquer momento, o Detran pode passar a usar as imagens para autuar”, declarou Fonseca. A instituição também informou que os flagrantes aéreos podem servir de apoio para um outro agente da equipe – que não seja o piloto – realizar a abordagem e notificar o infrator.

Os drones serão comandados apenas por profissionais da Unidade de Operações Aéreas, que receberam capacitação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A unidade tem efetivo de aproximadamente 12 profissionais.

Agente do Detran usando drone no DF (Foto: Detran/Divulgação)

O Detran conta com dois drones de fiscalização. Eles foram doados pela Receita Federal, que tem parceria com o órgão de trânsito – por ajudar em ações de vistoria de cargas, por exemplo. Com o “presente”, o Detran economizou cerca de R$ 5 mil.

Os drones serão usados, inicialmente, nas principais vias do DF e perto de eventos de grande porte, quando for necessário o controle da circulação. A ferramenta também pode ajudar a levantar pontos considerados críticos no trânsito, para que seja melhorada a fluidez.

Multas por uso de celular ao volante no DF
Dados de janeiro a novembro

Veja Também