• domingo , 9 dezembro 2018

Contra preço da gasolina, motociclistas fecham EPTG, no DF, e geram engarrafamento de 6 km

Grupo chegou ao local por volta das 6h30; faixa exclusiva de ônibus foi liberada pelo DER.

Congestionamento na EPTG, em Brasília, causado por protesto de motociclistas (Foto: Reprodução/TV Globo)

Um grupo de motociclistas fechou a Estrada Parque Taguatinga (EPTG), no Distrito Federal, na manhã desta quinta-feira (24). O grupo protesta contra o preço do gasolina, que chega a R$ 9,99 em alguns postos da capital.

As primeiras motos chegaram ao local, perto da universidade Unieuro, por volta das 6h30. Às 7h51, o engarrafamento alcançava extensão de seis quilômetros.

De acordo com um dos líderes da manifestação, às 8h30, aproximadamente 150 motociclistas bloqueavam a pista. A Polícia Militar informou que o ato reuniu 80 pessoas.

Três das quatro faixas foram liberadas no ponto do bloqueio, inclusive a faixa exclusiva.

Às 9h, o Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF), informou que o espaço para os ônibus foi completamente liberado para os motoristas de carros de passeio.

Fila de carros em meio a protesto de motociclistas na EPTG, em Brasília (Foto: Reprodução/TV Globo)

“A gente está fazendo protesto por conta do preço da gasolina que está muito alto. A gente está se recusando a abastacer, porque tem posto vendendo até a R$ 8,99”, disse Elexandro Silva, um dos líderes do grupo.

Motoqueiros do Distrito Federal fecharam a EPTG em protesto contra o preço da gasolina (Foto: Reprodrução/Arquivo pessoal)

A EPTG é uma das principais vias do DF. Liga as regiões de Ceilândia, Águas Claras e Taguatinga ao Plano Piloto.

Veja Também