• sábado , 23 março 2019

Com baixo estoque bancos de leite materno e de sangue pedem doações para o Carnaval no DF

Cerca de 250 bebes precisam diariamente do leite e demanda por sangue aumenta no feriado. Confira cuidados e restrições para doar.

— Foto: Dênis Simões / Agência Brasília

Os Bancos de Leite Materno do Distrito Federal e a Fundação Hemocentro de Brasília estão pedindo doações para o período de carnaval. Segundo a Secretaria da Saúde, a oferta nesse período tende a diminuir por causa das festas e viagens que os brasilienses fazem.

“Aumentar a doação antes do período das folias é muito importante, diz a secretaria.”

Cerca de 250 bebes precisam diariamente do leite materno doado, mas até o fim da tarde desta terça-feira, o banco do DF tinha atingido apenas 76% da meta para o mês de fevereiro.

Quanto aos estoques de sangue, os tipos negativos – principalmente B negativo – é o que mais preocupa, de acordo com o Hemocentro. A oferta é pequena.

Como doar?

Banco de leite materno do DF — Foto: André Borges/Agência Brasília

Banco de leite materno do DF — Foto: André Borges/Agência Brasília

Leite materno

Para doar leite materno é preciso alguns cuidados; veja as recomendações da Secretaria de Saúde:

  1. Prender os cabelos com touca e proteger a boca e nariz com máscara ou pano;
  2. Lavar mãos e braços com sabão e os seios, apenas com água;
  3. Massagear a mama e descartas as primeiras gotas de leite;
  4. Esterilizar o frasco de vidro onde o leite será depositado – basta colocá-lo em uma panela com água fervendo;
  5. Identificar o potinho com uma etiqueta com a data e hora da primeira coleta;
  6. A cada coleta, o pote deve voltar ao congelador para manter a qualidade;
  7. O pote não pode ser enchido até a tampa, porque racha ao congelar.

Para entregar a doação, é possível ir pessoalmente aos bancos de leite ou solicitar que Corpo de Bombeiros recolha em casa. Neste caso, é preciso ligar no Disque 160, opção 4, ou agendar o atendimento pelo site ou aplicativo Amamente Brasília.

A tecnologia funciona como ponte entre mães doadoras, Corpo de Bombeiros e bancos de leite. A plataforma também permite maior controle da Secretaria de Saúde sobre a quantidade de leite coletado e as regiões onde são recolhidos. No app, estão os contatos dos bombeiros, dos bancos de coleta e endereços.

 

 

Mulher coleta leite em Hospital Regional de Brazlândia, no Distrito Federal — Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília/Divulgação

Mulher coleta leite em Hospital Regional de Brazlândia, no Distrito Federal — Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília/Divulgação

Sangue

Para doar sangue, o candidato precisa atender a uma série de pré-requisitos. Entre eles, estão peso mínimo de 50 kg, idade mínima de 16 anos e “bom estado de saúde”. Na véspera da retirada, o doador deve se alimentar normalmente, evitando alimentos gordurosos.

Restrições para doar sangue — Foto: Agência Brasília/Reprodução

Restrições para doar sangue — Foto: Agência Brasília/Reprodução

Nas 12 horas anteriores à doação, a pessoa não pode ingerir bebida alcoólica ou praticar atividade física intensa. Duas horas antes, o cigarro também é proibido. A doação dura cerca de uma hora e não traz riscos à saúde.

Confira aqui outras restrições

O Hemocentro fica no Setor Médico-Hospitalar Norte (SMHN), quadra 3, conjunto A, na Asa Norte. O órgão funciona de segunda a sábado, das 7h às 18h, em dias normais.

A doação pode ser agendada pelo telefone 160, opção 2. Informações podem ser consultadas no site da instituição.

Veja horários do Hemocentro no Carnaval

  • Segunda-feira (4): das 07h às 13h
  • Terça-feira (5): fechado
  • Quarta-feira (6): das 14h às 18h

Fonte G1

 

Veja Também