• quarta-feira , 14 novembro 2018

Coleta seletiva de lixo chega a mais 10 regiões do DF

Serviço passa a atender 25 regiões administrativas a partir desta segunda (26). ‘Mobilizador’ ensinará a separar resíduos.

A coleta seletiva de lixo será estendida a mais 300 mil moradores do Distrito Federal a partir desta segunda-feira (26). O serviço, novidade em 10 regiões administrativas, será feito por sete cooperativas de catadores.

As regiões beneficiadas

  • Cruzeiro Velho
  • Itapoã
  • Lago Norte
  • Lago Sul
  • Paranoá
  • Riacho Fundo 1
  • Riacho Fundo 2
  • São Sebastião
  • Sobradinho
  • Varjão

Para que a população seja orientada, cada equipe que for às ruas terá um “mobilizador”. Eles passarão de casa em casa informando os horários da coleta seletiva e dando instruções de como separar corretamente os resíduos.

Veja o calendário do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) com datas e horários em todas as regiões atendidas – incluindo as novas. As rotas serão feitas duas vezes por semana pelas cooperativas, com veículo próprio e uma equipe de seis pessoas.

Com os novos contratos, o SLU passará a atender 25 das 31 regiões administrativas com coleta seletiva, de forma parcial ou integral. O governo do Distrito Federal promete atingir 100% da população ainda no primeiro semestre deste ano.

Desde o fechamento definitivo do lixão da Estrutural, todo os rejeitos do DF serão despejados no Aterro Sanitário de Brasília, em Samambaia. Para que o local receba apenas o lixo orgânico e tenha vida útil estendida, o SLU recomenda que os moradores do DF separem o lixo doméstico antes de descartá-lo nos dias de coleta específicos.

O que vale separar?

  • Papel e papelão: jornais, revistas e impressos em geral
  • Plástico: garrafas, embalagens de produtos de limpeza, potes, tubos e canos
  • Brinquedos
  • Sacos, sacolas e saquinhos de leite
  • Isopor
  • Metais: molas e latas
  • Esquadrias e molduras de quadros

 

Veja Também